Home » Sociedade » Not√≠cia* » Centro de Compet√™ncias de Envelhecimento Ativo
Centro de Competências de Envelhecimento Ativo
Vitor Aleixo Presidente do Município e Christopher Sainty, Embaixador do Reino Unido em Portugal

Centro de Competências de Envelhecimento Ativo

O Plano de A√ß√£o do Envelhecimento Ativo e Saud√°vel motivou a visita a Loul√©, de Christopher Sainty, Embaixador do Reino Unido em Portugal, no √Ęmbito da passagem deste representante diplom√°tico pelo Algarve.

A aposta na √°rea do envelhecimento ativo e saud√°vel, tema comum entre Portugal e o Reino Unido, ganha uma cada vez maior import√Ęncia nas sociedades ocidentais, numa altura em que a prioridade √© ‚Äúenvelhecer bem‚ÄĚ.

Nuno Marques, coordenador nacional do Plano de A√ß√£o do Envelhecimento Ativo e Saud√°vel e diretor do Centro de Compet√™ncias de Envelhecimento Ativo (CCEA), apresentou um dos quatro novos centros protocolares nacionais do Instituto de Emprego e Forma√ß√£o Profissional, o √ļnico dedicado a este setor, sediado em Loul√©.

Este Centro visa ajudar na definição e na implementação das políticas do envelhecimento, nomeadamente numa área-chave, a da capacitação e da formação dos profissionais que são cuidadores, assim como dos cuidadores informais.

O Centro, localizado provisoriamente na Zona Industrial de Loul√©, e que o representante brit√Ęnico teve a oportunidade de visitar, nasce de um acordo entre o Instituto de Emprego e Forma√ß√£o Profissional, Instituto da Seguran√ßa Social e ABC ‚Äď Algarve Biomedical Center, e conta com a colabora√ß√£o da Rede RePEnSA (que junta os centros portugueses que t√™m reconhecimento europeu nesta √°rea do envelhecimento).

Futuramente ser√° constru√≠da uma sede, num terreno disponibilizado pelo Munic√≠pio de Loul√©. Nesse edif√≠cio ser√£o coordenadas todas as atividades nacionais e internacionais relacionadas com esta mat√©ria, no √Ęmbito do Plano.

O CCEA implica um investimento superior a 12 milh√Ķes de euros, incluindo mais de 6 milh√Ķes de euros em instala√ß√Ķes e equipamentos para os pr√≥ximos 3 anos. Est√° prevista a contrata√ß√£o de 56 recursos humanos qualificados para desenvolvimento das suas atividades.

Sem querer levantar muito o ‚Äúv√©u‚ÄĚ, nesta sess√£o, Nuno Marques deu a conhecer ainda ao Embaixador brit√Ęnico algumas diretrizes contempladas no Plano de A√ß√£o do Envelhecimento Ativo e Saud√°vel, documento agregador de toda a pol√≠tica nacional e que est√° em fase final de aprova√ß√£o em termos legislativos. Este ser√°, de resto, o primeiro plano a n√≠vel europeu com medidas localizadas para esta √°rea.

Quanto a esta liga√ß√£o pr√≥xima entre Portugal e Reino Unido, Nuno Marques acredita que ser√° poss√≠vel manter uma colabora√ß√£o e articula√ß√£o neste setor entre os dois pa√≠ses at√© porque h√° ‚Äúbons exemplos de um lado e de outro‚ÄĚ.

No pr√≥ximo dia 9 de outubro, Loul√© recebe uma cimeira sobre ‚ÄúCidades e Comunidades Amigas do Envelhecimento‚ÄĚ, numa organiza√ß√£o da Dire√ß√£o-Geral da Sa√ļde, C√Ęmara Municipal de Loul√© e Organiza√ß√£o Mundial da Sa√ļde. A regi√£o do Algarve constituiu-se como l√≠der e, nesse sentido, ser√° celebrado um acordo para que esta seja a primeira ‚ÄúRegi√£o Amiga do Envelhecimento‚ÄĚ.

O envelhecimento saud√°vel √© uma prioridade tamb√©m para o Governo brit√Ęnico, sendo considerado, desde 2018, como um dos quatro grandes desafios sociais do pa√≠s e, ‚Äúnos √ļltimos 5 anos, a Embaixada tem procurado estabelecer um di√°logo bilateral sobre esta mat√©ria‚ÄĚ. A realiza√ß√£o de 4 f√≥runs anuais entre os 2 pa√≠ses sobre esta tem√°tica, com uma participa√ß√£o de membros do Governo, autarquias, acad√©micos, representantes do chamado terceiro setor, empresas, entre outras entidades, espelha tamb√©m essa preocupa√ß√£o comum. No primeiro trimestre de 2024, a Embaixada do Reino Unido em Portugal ir√° apresentar o estudo ‚ÄúHealth equals Wealth‚ÄĚ, ondes est√£o plasmados ‚Äúos desafios e as oportunidades econ√≥micas e sociais que o incremento significativo na esperan√ßa m√©dia de vida nas √ļltimas d√©cadas nos abre‚ÄĚ.

‚ÄúEspero que possamos contar com a ajuda da cidade de Loul√©, do Centro de Compet√™ncias de Envelhecimento Ativo e do Observat√≥rio Nacional do Envelhecimento para aprofundar o di√°logo entre os nossos pa√≠ses e promover o envelhecimento saud√°vel das nossas popula√ß√Ķes‚ÄĚ, referiu ainda Christopher Sainty.

Sendo Loul√© um dos munic√≠pios portugueses com uma popula√ß√£o residente mais substancial de cidad√£os brit√Ęnicos, o Embaixador agradeceu ao presidente da C√Ęmara de Loul√© e a todos os funcion√°rios que aqui trabalham, ‚Äúa bondade e compaix√£o para com os membros da comunidade brit√Ęnica‚ÄĚ durante o Brexit.

J√° V√≠tor Aleixo, disse que este processo de emiss√£o dos passaportes aos cidad√£os brit√Ęnicos, com a instala√ß√£o de equipamento necess√°rio, ‚Äúfoi um sucesso‚ÄĚ.

O autarca louletano destacou o empenho do Munic√≠pio em criar as condi√ß√Ķes para os seus cidad√£os nesta mat√©ria do envelhecimento ativo e saud√°vel e do envolvimento em projetos como Observat√≥rio criado em Alte.

Partilhe:

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

*

*

Comment moderation is enabled. Your comment may take some time to appear.

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como s√£o processados os dados dos coment√°rios.