Home | Atualidade | Europa | Comissão Europeia acorda aquisição do Remdesivir
Comissão Europeia acorda aquisição do Remdesivir

Comissão Europeia acorda aquisição do Remdesivir

A Comissão Europeia e a Gilead Sciences, assinaram um acordo de aquisição conjunta (Joint Procurement Agreement, JPA), que permitirá o acesso rápido ao Veklury (remdesivir), o primeiro medicamento antiviral comprovadamente eficaz para o tratamento da COVID-19 na União Europeia.

Este acordo de aquisição conjunta (JPA), permite aos países membros da UE, do Espaço Económico Europeu (EEE) e ao Reino Unido, adquirir Veklury tanto para a procura em tempo real como para as suas necessidades de reserva, coordenado pela Comissão Europeia.

O acordo abrange as aquisições de Veklury nos próximos seis meses e pode ser prorrogado. Na UE, EEE e Reino Unido, Veklury está indicado para o tratamento da COVID-19 em doentes adultos e adolescentes com pneumonia que necessitem de oxigénio suplementar. A Gilead começará a satisfazer encomendas na semana de 12 de outubro.

A Comissão Europeia concedeu a autorização de introdução no mercado condicional a Veklury a 3 de julho de 2020, com base em dados do ensaio clínico aleatorizado, duplamente-cego e controlado por placebo, ACTT-1, que demonstrou a eficácia clínica e a segurança de Veklury em doentes com pneumonia provocada pela COVID-19 que necessitam de oxigénio suplementar. O pedido foi também suportado por dados de dois ensaios clínicos aleatorizados que demonstraram a eficácia e segurança de Veklury em regimes de tratamento de cinco e dez dias. O aumento do fornecimento de Veklury irá expandir o acesso ao medicamento a mais doentes com COVID-19 e com indicação para tratamento possibilitando aos doentes uma recuperação mais rápida e, reduzindo assim os tempos de hospitalização e a utilização de recursos e cuidados de saúde.

O tratamento de doentes portugueses com o medicamento Veklury tem sido assegurado desde março, através de mecanismos de acesso acordados entre a Gilead Portugal e o INFARMED.

Partilhe:

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

*

*

Comment moderation is enabled. Your comment may take some time to appear.

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

O site 'ipressJournal' utiliza cookies para melhorar a experiência de navegação do visitante. LER MAIS

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close