Home | Ambiente | Como reduzir a Pegada de Carbono?
Como reduzir a Pegada de Carbono?

Como reduzir a Pegada de Carbono?

Desde a deslocação ao trabalho, a confeção de uma refeição, até à compra de uma peça de roupa, todas as nossas atividades quotidianas têm um impacto no meio ambiente. A Pegada de Carbono, que quantifica este impacto, representa a emissão de dióxido de carbono e outros gases com efeito de estufa para a atmosfera.

Embora seja impossível viver sem emitir gases poluentes, a nível individual, todos temos um papel a desempenhar na redução destas emissões, no sentido de assegurar um futuro mais verde e sustentável. Para o ajudar a adotar um estilo de vida mais amigo do ambiente, a moey! reuniu um conjunto de dicas que podem ser aplicadas diariamente.

Conheça a sua Pegada de Carbono.

Conhecer o impacto das suas atividades diárias é um importante ponto de partida para adotar práticas mais sustentáveis e contribuir para a luta contra o aquecimento global. Através da app moey!, pode consultar uma estimativa da sua Pegada de Carbono tendo por base as despesas efetuadas, apostando assim na alteração de hábitos e comportamentos no sentido de a reduzir.

Poupe água.

Como bem essencial, mas escasso, a água requer uma gestão cuidadosa e um consumo sustentável. Reduzir o consumo de água quente, instalar torneiras e cabeças de chuveiro “económicas”, fechar a torneira enquanto escova os dentes, reparar rapidamente torneiras a pingar e verificar fugas nos autoclismos, são cuidados que ajudam a poupar água e dinheiro ao final do mês. Se tem um jardim, opte por regá-lo ao fim do dia ou de manhã cedo para diminuir a quantidade de água perdida por evaporação.

Reutilize e recicle.

A par da redução, a reutilização e reciclagem são também princípios importantes num estilo de vida mais ecológico. A troca, venda ou oferta de roupas, móveis e outros artigos domésticos que já não são utilizados, são boas opções para lhes dar uma nova vida e diminuir os resíduos. Reciclar poupa energia e emissões, pelo que é importante informar-se sobre os tipos de resíduos que podem ser reciclados na sua área de residência, e fazer a separação do lixo. Em vez de colocar os resíduos orgânicos no lixo, utilize-os para fazer compostagem. Num monte de composto, expostos ao ar, os resíduos decompõem-se, transformando-se num fertilizante natural, e evitando as emissões de metano.

Compre de forma mais consciente.

Durante as compras, evite embalagens de plástico que produzem muitos resíduos e são frequentemente difíceis de reciclar. Opte sempre por levar sacos reutilizáveis, e considere comprar papel higiénico e rolos de cozinha em papel reciclado. O rótulo ecológico da União Europeia identifica produtos e serviços que têm um impacto ambiental reduzido – procure-o ao comprar lâmpadas, detergentes, computadores, roupas, ou mesmo na reserva de um quarto de hotel. Há cerca de 70 000 produtos e serviços com este rótulo!

Adapte hábitos alimentares.

O desperdício alimentar é um problema com uma dimensão crescente a nível global, pelo que é fundamental combatê-lo. Procure comprar apenas as quantidades necessárias e aproveitar os restos. Tente evitar os produtos que não são da época, uma vez que cultivar alimentos fora do seu ambiente natural ou fora de época exige enormes quantidades de água, energia e outros recursos. Se comer carne, substitua parte da carne vermelha por peixe, frango ou leguminosas. Optar por comer frango em vez de um bife de vaca pode reduzir a Pegada de Carbono da sua refeição até 75%.

Repense os meios de transporte.

Diminuir a Pegada de Carbono individual pode ser tão simples como deixar o carro em casa. A bicicleta, os transportes públicos e a mobilidade partilhada são boas alternativas para fazer deslocações, ainda que andar a pé seja sempre a opção mais ecológica! Mas se tiver que conduzir, evitar travagens, acelerações desnecessárias e garantir que os pneus têm sempre uma pressão correta, são três formas simples de consumir menos combustível.

Torne o local de trabalho mais amigo do ambiente.

Ser mais sustentável no local de trabalho também é possível através de hábitos como utilizar uma chávena própria para o café e outras bebidas em vez de copos de papel ou de plástico descartáveis, evitar imprimir documentos, e desligar o computador e as impressoras durante a noite e aos fins-de-semana. Se há coisa que aprendemos nos últimos tempos, é que afinal aquela reunião não tem mesmo de ser presencial. Recorrer a videochamadas e outras opções de reuniões à distância, é uma boa forma de reduzir as viagens de trabalho, e consequentemente, as emissões de dióxido de carbono.

Aposte num consumo mais eficiente de energia.

A climatização, as luzes e os eletrodomésticos representam um grande consumo de energia nas nossas casas. Para reduzir a Pegada de Carbono, procure não aquecer demasiado a água e utilizar o termóstato de forma eficiente, diminuindo a temperatura. Para garantir um bom isolamento e evitar a perda de calor, invista em vidros duplos ou utilize cortinas mais grossas. Apostar em eletrodomésticos com boa eficiência energética, substituir as lâmpadas incandescentes ou de halogéneo por lâmpadas mais eficientes e desligar os aparelhos quando não estão a ser utilizados, são também práticas que permitem reduzir o consumo de energia.

moey! / CS

Partilhe:

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

*

*

Comment moderation is enabled. Your comment may take some time to appear.

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.