Construção do Parque Fluvial Cinco Reis em Beja

Construção do Parque Fluvial Cinco Reis em Beja

1357

A construção do Parque Fluvial Cinco Reis, na Albufeira situada a cerca de 4km da cidade de Beja, bem no centro geográfico do Empreendimento de Fins Múltiplos de Alqueva, vai ser uma realidade, segundo a autarquia, que anuncia a assinatura do contrato de financiamento.

Este contrato vai ser assinado no próximo dia 21 deste mês, entre Câmara Municipal de Beja e a Secretaria de Estado do Turismo, no âmbito da candidatura apresentada à Linha de Apoio à Valorização Turística do Interior.

O projeto é financiado a 90% pela Turismo de Portugal, com o restante valor a ser suportado entre o Município de Beja e pela EDIA, parceira na conceção do projeto desde o primeiro momento. Também a União de Freguesias de Santiago Maior e São João Baptista tem um papel importante na medida que assegurará a manutenção do espaço, em parceria com o Município de Beja.

O Parque Fluvial Cinco Reis irá potenciar turisticamente o concelho de Beja, uma vez que irá apresentar uma série de atividades junto da Albufeira, desde observação de aves, atividades náuticas não motorizadas, uma praia fluvial com o respetivo apoio de praia, bem como um parque de merendas e um circuito de manutenção, cada um destes devidamente dotado com os equipamentos necessários à fruição ao ar livre com qualidade e à prática desportiva.

Localizado num local de excecional beleza e riqueza patrimonial, o Parque Fluvial Cinco Reis potenciará também a criação de sinergias de visitação cultural e arqueológica que favoreçam a dinamização da importante Villa Romana de Pisões, localizada a menos de 1km, e a promoção de rotas pedonais e cicláveis entre esta Albufeira, a cidade de Beja e as povoações de Penedo Gordo, Beringel e S. Brissos.

O Parque Fluvial de Cinco Reis reforçará a ligação da cidade à sua envolvente, nomeadamente em termos agrícolas, ambientais e culturais, capacitando este novo espaço das valências necessárias à promoção da qualidade de vida no concelho.

Partilhe:



Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*

Comment moderation is enabled. Your comment may take some time to appear.

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

O site 'ipressJournal' utiliza cookies para melhorar a experiência de navegação do visitante. LER MAIS

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close