Home » Economia » Neg√≥cios » Consumo estrangeiro impulsionou a fatura√ß√£o na P√°scoa
Consumo estrangeiro impulsionou a faturação na Páscoa

Consumo estrangeiro impulsionou a faturação na Páscoa

O consumo estrangeiro durante a semana da P√°scoa representou 26% do total da fatura√ß√£o registada em Portugal, entre 25 e 31 de mar√ßo de 2024, segundo a conclus√£o do REDUNIQ Insights, relat√≥rio da REDUNIQ, a rede nacional de aceita√ß√£o de cart√Ķes nacionais e estrangeiros e marca da UNICRE.

Para estes dados contribuiram os turistas de Espanha (12%), Reino Unido (12%), Estados Unidos (11%), Irlanda (11%) e da Alemanha (8%) que mais impulsionou a performance dos neg√≥cios portugueses. Dados que Tiago Oom, Chief Commercial Officer da UNICRE e porta-voz oficial do REDUNIQ Insights, considera ‚Äúmuito positivos, e que refletem a curva de crescimento da procura de Portugal enquanto destino de f√©rias, uma tend√™ncia que se tem vindo a consolidar nos √ļltimos anos‚ÄĚ. Ao mesmo tempo, o especialista refere ainda como ponto positivo o facto desta tend√™ncia ser ‚Äúcrucial para a digitaliza√ß√£o dos neg√≥cios, na medida em que s√£o os consumidores estrangeiros os primeiros a trazer uma necessidade por novas formas de pagamento, cen√°rio que resulta num maior interesse dos comerciantes em incorporar estes novos m√©todos e responder aos emergentes comportamentos de consumo‚ÄĚ.

J√° quando analisadas as regi√Ķes onde mais o peso do consumo estrangeiro foi mais expressivo, durante a semana da P√°scoa, destacam-se as regi√Ķes da Madeira (47%), Faro (46%), Lisboa (27%) e Viana do Castelo (27%). Especificamente no setor da hotelaria e atividades tur√≠sticas, o peso da fatura√ß√£o estrangeira situou-se nos 78%, com os distritos de Faro (86%), Madeira (86%), Lisboa (83%) e Porto (78%) a terem uma procura igual ou superior ao ano passado. J√° no setor da restaura√ß√£o, o peso do consumo estrangeiro alcan√ßou os 36%, com destaque para as regi√Ķes de Faro e Madeira, que registaram um valor de 63% e 53%, respetivamente.

Tamb√©m o consumo nacional aumentou durante o fim de semana da P√°scoa (de 29 a 31 de mar√ßo), face ao ano passado, registando um crescimento da fatura√ß√£o e do n√ļmero de transa√ß√Ķes de 12% e 10%, respetivamente. Indicadores que justificam o aumento da fatura√ß√£o total de 8% face ao per√≠odo da P√°scoa de 2023.

Quando analisadas as datas de maior consumo, o acquirer português concluiu que na quinta-feira (28 de março) registou-se um crescimento de 44% face à média das restantes quintas-feiras de março. Já em relação à Sexta-Feira Santa (29 de março), verificou-se um aumento de 10% do volume de faturação, face à Sexta-Feira Santa do ano passado (7 de abril de 2023) e também uma evolução positiva face à média das restantes sextas-feiras do mês de março deste ano (+22%). Numa análise mais fina, e fazendo um comparativo entre os dias anteriores à Páscoa e à média do restante mês de março de 2024, é de salientar um crescimento de 34% e 33%, respetivamente, para sexta-feira e sábado.

Os dados recolhidos t√™m como base o REDUNIQ Insights, a solu√ß√£o de conhecimento que analisa as transa√ß√Ķes registadas pela rede de aceita√ß√£o de pagamentos da REDUNIQ.

Partilhe:

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

*

*

Comment moderation is enabled. Your comment may take some time to appear.

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como s√£o processados os dados dos coment√°rios.