Home » Atualidade » Nacional » Controlados mais de 4.000 cidad√£os nas fronteiras
Controlados mais de 4.000 cidad√£os nas fronteiras

Controlados mais de 4.000 cidad√£os nas fronteiras

O Serviço de Estrangeiros e Fronteiras (SEF) e a Guarda Nacional Republicana (GNR) controlaram nas fronteiras com Espanha, nas primeiras 24 horas, um total de 4.020 cidadãos e 2.841 viaturas nos oito pontos de passagem autorizados (PPA) que ontem estiveram em funcionamento.

Destes 4.020 cidadãos, 99 foram impedidos de circular pelos pontos de passagem autorizados. As recusas de circulação verificaram-se em Castro Marim (33), Vilar Formoso (23), Vila Verde da Raia (23), Valença (6), Caia (6), Marvão (4), Quintanilha (3), Vila Verde de Ficalho (1).

A GNR controlou 2.841 viaturas no √Ęmbito desta opera√ß√£o. Nos pontos de passagem n√£o autorizados, foram reencaminhadas 34 viaturas para os pontos de passagem autorizados (PPA).

Segundo a nota do MAI, foram controlados o seguinte n√ļmero de cidad√£os:

– Valen√ßa, Viana do Castelo ‚Äď 744

– Vila Verde da Raia, Chaves ‚Äď 687

– Quintanilha, Bragan√ßa ‚Äď 333

– Vilar Formoso, Guarda ‚Äď 1.142

– Marv√£o, Portalegre ‚Äď 56

– Caia, Elvas – 643

– Vila Verde de Ficalho, Beja ‚Äď 103

– Castro Marim, Faro ‚Äď 312

Para al√©m deste 8 PPA permanentes, h√° 5 pontos de passagem autorizados que funcionam nos dias √ļteis das 07h00 √†s 09h00 e das 18h00 √†s 20h00 (Mon√ß√£o, Miranda do Douro, Termas de Monfortinho, Mour√£o e Barrancos) e um ponto de passagem autorizado, √†s quartas-feiras e aos s√°bados, das 10h00 √†s 12h00 (Rio de Onor).

A reposição temporária do controlo de pessoas na fronteira terrestre e fluvial vigora até ao final do dia 14 de fevereiro. Está também suspensa a circulação ferroviária transfronteiriça, exceto para transporte de mercadorias, bem como o transporte fluvial entre Portugal e Espanha.

A medida limita a circulação entre Portugal e Espanha, nos pontos de passagem autorizados, ao transporte internacional de mercadorias, de trabalhadores transfronteiriços e de caráter sazonal devidamente documentados, e de veículos de emergência e socorro.

Estas limita√ß√Ķes n√£o impedem a entrada em Portugal de cidad√£os nacionais e de titulares de autoriza√ß√£o de resid√™ncia em Portugal, bem como a sa√≠da de cidad√£os residentes noutros pa√≠ses.

Partilhe:

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

*

*

Comment moderation is enabled. Your comment may take some time to appear.

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como s√£o processados os dados dos coment√°rios.