Home | Atualidade | Nacional | Crescem as reclamações contra a Glovo e a Uber Eats
Crescem as reclamações contra a Glovo e a Uber Eats

Crescem as reclamações contra a Glovo e a Uber Eats

O número de reclamações dirigido aos serviços de entrega de refeições e alimentos ao domicílio, aumentou 271% entre março e setembro, comparativamente com o período homólogo. O principal motivo de reclamação é a falha na entrega dos pedidos, havendo consumidores a denunciar que ficam sem o dinheiro e sem a refeição.

De acordo com o estudo analítico realizado pelo Portal da Queixa, entre 18 de março e 23 de setembro, foram registadas 1975 reclamações dirigidas às empresas de entrega de alimentação ao domicílio, nomeadamente, a Uber Eats e a Glovo. Um crescimento significativo quando comparado com o mesmo período em 2019, onde foram registadas 532 queixas contras as duas marcas.

Os principais motivos das reclamações que chegaram ao Portal da Queixa, são: pedido de reembolso por falha da entrega (28%), o atraso nas entregas (24%) e produtos em falta (14%). No período em análise, foi a Glovo que, em 2020, foi alvo de um aumento exponencial do volume de reclamações face a 2019 (638 %), já a Uber Eats registou uma subida de (226%).

Partilhe:

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

*

*

Comment moderation is enabled. Your comment may take some time to appear.

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

O site 'ipressJournal' utiliza cookies para melhorar a experiência de navegação do visitante. LER MAIS

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close