Home | Atualidade | Nacional | Crescem as reclamações contra a Glovo e a Uber Eats
Crescem as reclamações contra a Glovo e a Uber Eats

Crescem as reclamações contra a Glovo e a Uber Eats

O número de reclamações dirigido aos serviços de entrega de refeições e alimentos ao domicílio, aumentou 271% entre março e setembro, comparativamente com o período homólogo. O principal motivo de reclamação é a falha na entrega dos pedidos, havendo consumidores a denunciar que ficam sem o dinheiro e sem a refeição.

De acordo com o estudo analítico realizado pelo Portal da Queixa, entre 18 de março e 23 de setembro, foram registadas 1975 reclamações dirigidas às empresas de entrega de alimentação ao domicílio, nomeadamente, a Uber Eats e a Glovo. Um crescimento significativo quando comparado com o mesmo período em 2019, onde foram registadas 532 queixas contras as duas marcas.

Os principais motivos das reclamações que chegaram ao Portal da Queixa, são: pedido de reembolso por falha da entrega (28%), o atraso nas entregas (24%) e produtos em falta (14%). No período em análise, foi a Glovo que, em 2020, foi alvo de um aumento exponencial do volume de reclamações face a 2019 (638 %), já a Uber Eats registou uma subida de (226%).

Partilhe:

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

*

*

Comment moderation is enabled. Your comment may take some time to appear.

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.