Home » OPINI√ÉO... » Sa√ļde (Opini√£o) » Dia Mundial do F√≠gado sim!
Dia Mundial do Fígado sim!

Dia Mundial do Fígado sim!

Dezanove de Abril, Dia Mundial do F√≠gado. √Č leg√≠timo que quem l√™ este artigo se interrogue: faz sentido um dia dedicado ao f√≠gado? A resposta √© simples e inequ√≠voca: sim, faz todo o sentido! E porqu√™?

Vejamos: o f√≠gado √© um dos maiores √≥rg√£os do corpo humano que executa m√ļltiplas fun√ß√Ķes vitais. √Ä semelhan√ßa de uma grande f√°brica, no f√≠gado produz, armazena, distribui e elimina um grande n√ļmero de subst√Ęncias. H√° que manter todos estes mecanismos a funcionar sem sobressaltos. Qualquer gr√£o na engrenagem pode comprometer tempor√°ria ou irremediavelmente todo o sistema.

√Č do senso comum associar problemas de f√≠gado ao consumo de √°lcool: verdadeiro! Esta √© de facto uma das principais causas de doen√ßa hep√°tica, nomeadamente cirrose. Contudo h√° outras causas a ter em conta. A ganhar import√Ęncia crescente, temos a esteatose hep√°tica vulgarmente conhecida por f√≠gado gordo. Esta condi√ß√£o est√° associada a estilos de vida pouco saud√°veis, nomeadamente maus h√°bitos alimentares, sedentarismo, excesso de peso, assim como √† dislipidemia e √† diabetes mal controlada. Sabia que o f√≠gado gordo pode evoluir para cirrose mesmo sem ingest√£o de √°lcool? De referir ainda como causas importantes de doen√ßa hep√°tica as hepatites pelos v√≠rus da hepatite A, B, C, D e E (sendo que a B e C s√£o as que t√™m maior impacto em termos de sa√ļde publica), as doen√ßas autoimunes (sendo as principais a hepatite autoimune, a colangite biliar primaria e a colangite esclerosante primaria), as doen√ßas metab√≥licas (como a hemocromatose e a doen√ßa de Wilson, doen√ßas gen√©ticas caracterizadas pela sobrecarga de ferro e cobre respetivamente) e a toxicidade hep√°tica por f√°rmacos e outros qu√≠micos. Uma agress√£o mantida ao f√≠gado, independentemente da causa, vai provocar altera√ß√Ķes que podem evoluir para cirrose. A cirrose predisp√Ķe ao desenvolvimento de cancro do f√≠gado. As estat√≠sticas mostram que a incid√™ncia de tumores malignos do f√≠gado tem vindo aumentar de forma preocupante nos √ļltimos anos.

Para além de condicionarem perda da qualidade de vida, as doenças do fígado são responsáveis por uma fatia significativa de consultas, internamentos e óbitos em todo o mundo. Portugal não é exceção.

Como mudar este panorama? Em primeiro lugar, atrav√©s da preven√ß√£o: √© fundamental a ado√ß√£o de um estilo de vida saud√°vel, com uma alimenta√ß√£o equilibrada, pr√°tica regular de exerc√≠cio f√≠sico, controlo do peso e idealmente sem consumo de √°lcool; na aus√™ncia de imunidade, est√° dispon√≠vel a vacina contra a hepatite A e hepatite B. Em segundo lugar, atrav√©s de um diagnostico precoce: doen√ßa hep√°tica pode ser silenciosa at√© fases muito avan√ßadas e os sintomas iniciais podem ser inespec√≠ficos; √© importante fazer uma vigil√Ęncia regular nos cuidados de sa√ļde prim√°rios; altera√ß√Ķes nos exames complementares de rotina podem indiciar doen√ßa hep√°tica, a esclarecer de seguida de forma mais direcionada. Diagnosticadas precocemente muitas patologias do foro hep√°tico podem ser curadas ou controladas. Atualmente dispomos de tratamentos cada vez mais eficazes. Nas fases mais avan√ßadas da doen√ßa, por inefic√°cia do tratamento ou por diagn√≥stico tardio, poder√° haver indica√ß√£o para um transplante de f√≠gado. Sabia que em Portugal em 2022 foram realizados 202 transplantes hep√°ticos, o que colocou o nosso pa√≠s no 8¬ļ lugar a n√≠vel mundial em n√ļmero de transplantes por milh√£o de habitante?

Dia Mundial do F√≠gado sim! Aproveitemo-lo para aumentar a consci√™ncia sobre a import√Ęncia deste √≥rg√£o vital. Fa√ßa uma pausa e pense: h√° quanto tempo n√£o faz uma visita ao seu medico de fam√≠lia? O que faz pela sua sa√ļde e mais concretamente pela sa√ļde do seu f√≠gado? √Č da sua responsabilidade mant√™-lo saud√°vel. Muitas doen√ßas hep√°ticas s√£o evit√°veis. Tenha uma vida mais feliz mantendo um f√≠gado feliz.

Dra. Suzana Calretas
N√ļcleo de Estudos das Doen√ßas do F√≠gado da SPMI

Partilhe:

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

*

*

Comment moderation is enabled. Your comment may take some time to appear.

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como s√£o processados os dados dos coment√°rios.