Home | Máquinas & Motores | Automóveis | Dicas de viagem para condutores de viaturas elétricos
Dicas de viagem para condutores de viaturas elétricos

Dicas de viagem para condutores de viaturas elétricos

Viajar este verão fora da autoestrada, escolher um alojamento com posto de carregamento ou simular as paragens para carregamento são algumas das sugestões da miio, para os condutores de viaturas elétricas.

A miio, plataforma portuguesa que está a inovar na área da mobilidade elétrica, divulga algumas dicas para os condutores de veículos elétricos planearem as suas rotas de férias de verão, num momento em que os portugueses anseiam pelo regresso à normalidade.

As dicas da miio ajudam a que os condutores de elétricos possam tirar o maior partido do carregamento dos seus automóveis.

Quer se trate de uma viagem ao longo da Costa Vicentina, para aproveitar o sol e o calor das praias do litoral alentejano, ou umas férias pelo Douro para desfrutar da beleza e encantamento das suas paisagens vínicas, aqui ficam algumas sugestões para quem viaja com um veículo elétrico:

Viajar fora da autoestrada: ao contrário dos veículos a combustão interna, a média de consumo em autoestrada da condução de um veículo elétrico sobe. Nesse sentido, ao viajarem fora da autoestrada, os condutores de elétricos não só estarão a fazer uma melhor média de consumo, quer em energia, quer em portagens, como a poder desfrutar da vista sobre as localidades do nosso país e ainda a apoiar o comércio local.

No entanto, viajar na autoestrada é também uma solução para quem tem interesse em chegar rapidamente ao destino. Neste caso, a miio sugere que o condutor verifique se as estações de serviço têm postos de carregamento. É de realçar que os postos de carregamento em autoestradas são PCRs (postos rápidos) pelo que, é importante ter em atenção quanto tempo o veículo vai demorar a carregar. O condutor deve assim:

  • – Escolher a tomada mais adequada ao veículo;
    – Se tem um Plug-in, verificar se faz mesmo sentido carregar num PCR;

Ter em consideração que os veículos não devem carregar > 80-90% num PCR, pois não só o custo/benefício deixa de ser interessante como se congestiona o PCR e atrapalha a viagem de outros condutores. Carregar apenas o necessário para alcançar a próxima paragem.

Escolher um hotel com posto de carregamento ou um alojamento perto de um posto de carregamento público: é sempre mais confortável poder deixar o carro a carregar enquanto se tem a possibilidade de realizar qualquer outra tarefa, por isso, um alojamento que tenha um posto no local ou perto do mesmo, trará conforto e conveniência para que se possa deslocar com tranquilidade e, quando voltar, poder recarregar.

Como alternativa, os restaurantes a serem escolhidos, os shoppings ou as cidades/vilas a visitar, terão certamente um posto de carregamento. É importante que o condutor consulte com antecedência se existe um posto de carregamento na zona pois, muitas vezes, estacionar o carro num parque sem posto de carregamento ou no outro ao lado com um posto de carregamento, facilita muito a logística.
Se viajar para fora do país, verifique como pode carregar nesse país: existem soluções no estrangeiro que não aceitam moradas portuguesas ou que simplesmente não são fiáveis. É importante que o condutor se registe com antecedência e procure por feedback online de forma a prevenir eventuais contratempos.

Simulação de paragens para carregamento: antes de sair de casa, o condutor de um elétrico deve verificar que postos existem até ao destino e fazer uma simulação de quantas paragens terá de fazer até ao destino para poder conciliar com outras atividades, como um almoço, um café ou a visita a uma cidade a meio do caminho. Aproveitar o tempo de carregamento para fazer outras atividades ajuda a continuar a viagem de forma mais confortável e tranquila.
Regeneração da bateria: no caso de ir de férias para uma serra e não existirem postos de carregamento nas redondezas, é importante que o condutor utilize a regeneração da bateria na descida, pois fará muita diferença.

Ar condicionado: em caso de alguma emergência no que diga respeito ao alcance estimado, desligar o ar condicionado pode ajudar a poupar alguns quilómetros.

Por fim, o condutor pode verificar os consumos que fez com o veículo elétrico e tirar diversas conclusões, tais como: quanto poupa a ir de férias com um veículo elétrico? Ou como pode melhorar os seus consumos?

Lançada há menos de dois anos, a miio é atualmente a única aplicação que permite que o utilizador visualize o preço final e compare com tarifários de outros CEMEs (Comercializadores de Eletricidade para a Mobilidade Elétrica). Através da aplicação é possível saber, com precisão, e com base no posto, hora do dia e veículo, quanto é que o utilizador vai pagar por esse carregamento, e sem recurso a nenhum cartão. A miio conta ainda com uma forte comunidade que permite não só que os utilizadores esclareçam dúvidas entre si, mas também que tornem a informação disponível na aplicação mais completa e fiável.

Sobre a miio

A miio é uma aplicação criada por Rafael Ferreira e Daniela Simões, ambos utilizadores de veículos elétricos desde 2018. Lançada em maio de 2019, conta já com mais de trinta mil utilizadores em Portugal.

A miio nasceu da vontade em contribuir para um mundo mais sustentável. Os fundadores acreditam que, ao tornar a mobilidade elétrica mais simples e acessível, abrem portas para que qualquer pessoa possa transitar para um veículo elétrico. A simplificação de processos e as ferramentas que assistem o utilizador no processo de decisão, contribuem para uma comunidade mais instruída, permitindo que os utilizadores tenham melhores experiências quando conduzem um veículo elétrico. A miio colabora também com o ecossistema na mobilidade elétrica, com o objetivo de criar uma rede mais confiável, resiliente e eficiente, quer na via pública, quer em ambiente doméstico, com vista a beneficiar os atuais condutores de veículos elétricos e os futuros.

A aplicação pode ser gratuitamente descarregada na Play Store, Apple Store ou versão Web.

Partilhe:

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

*

*

Comment moderation is enabled. Your comment may take some time to appear.

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.