Home » S√≠tios & Viagens » Viagens » Dicas para evitar esquemas fraudulentos em viagem
Dicas para evitar esquemas fraudulentos em viagem

Dicas para evitar esquemas fraudulentos em viagem

Viajar é retemperador, seja em lazer ou negócios. Conhecer novos países, culturas e gastronomias é uma excelente forma de enriquecimento pessoal. Mas é também uma atividade que envolve uma atenção extra e constante sobre aquilo que nos é mais precioso quando estamos fora do nosso país: os nossos bens e, sobretudo, a nossa identidade não só civil, mas também financeira.

Imagine o seguinte caso. Levantou-se cedo, teve um voo longo, est√° cansado e o jet lag pode estar a pregar-lhe partidas. Precisa daqueles 30 minutos de tranquilidade depois de fazer o check-in no hotel e de pousar as malas no seu quarto. De repente, o telefone do quarto toca. Atende e do outro algu√©m diz que fala da rece√ß√£o e que h√° um problema que √© f√°cil de resolver, mas que requer a sua ajuda. Uma vez que n√£o podem ficar com o cart√£o de cr√©dito que mostrou ainda h√° poucos minutos aquando do check-in, pedem-lhe para reconfirmar os n√ļmeros incluindo os tr√™s algarismos no verso. Vitima da distra√ß√£o e surpresa que o momento aparentemente inocente cria, acaba por ajudar pensando que √© tudo leg√≠timo.

Acontece, por√©m, que quem est√° a ligar n√£o trabalha na rece√ß√£o. Trata-se de algu√©m que simplesmente ligou para o hotel, j√° tem o discurso preparado, o tom de seriedade treinado q.b. e, azar dos azares, pediu para passar a chamada a um n√ļmero quarto aleat√≥rio que √© o seu. Ao atender a chamada est√° a criar oportunidade, sendo depois levado a morder o isco.

J√° ter√° certamente ouvido falar em phishing, uma pr√°tica em que algu√©m tenta obter dados de natureza sens√≠vel atrav√©s de mensagens de correio eletr√≥nico ileg√≠timas, habitualmente para colher proveitos financeiros em preju√≠zo da v√≠tima. Este esquema que acab√°mos de descrever √© tamb√©m ele phishing, mas telef√≥nico ‚Äď e √© um dos muitos esquemas que pode ser habitualmente utilizado visando quem est√° hospedado num hotel longe do seu pa√≠s, da sua l√≠ngua e dos seus h√°bitos.

A Globalis, ag√™ncia de viagens e eventos corporativos, d√°-lhe tr√™s dicas para evitar cair em situa√ß√Ķes desagrad√°veis como esta.

1. Há um problema na receção? Então resolva-o lá.

Caso se depare perante algo parecido com a situa√ß√£o descrita, responda que vai resolver o problema presencialmente na rece√ß√£o ‚Äď ou ent√£o nem precisa de o fazer, basta que ligue para a rece√ß√£o logo depois de desligar para confirmar se a quest√£o √© real, e ent√£o nesse caso des√ßa. Se efetivamente n√£o o for, informe a dire√ß√£o do hotel de que algu√©m tentou engan√°-lo pedindo-lhe dados pessoais ou financeiros fazendo-se passar por um funcion√°rio.

2. Não forneça quaisquer dados sem razão aparente.

Se algu√©m o abordar diretamente solicitando dados sem ter legitimidade aparente, pe√ßa que se identifique. Se essa pessoa se recusar, procure logo aux√≠lio junto das autoridades caso tenha essa oportunidade, ou ligue para a pol√≠cia atrav√©s do n√ļmero direto, que pode obter no hotel ou online. N√£o domina a l√≠ngua local? N√£o hesite em explicar-lhes a sua situa√ß√£o em ingl√™s fornecendo imediatamente a sua localiza√ß√£o caso fale por telefone.

3. Confie no cofre do quarto e na cloud.

O cofre serve para guardar não só o seu dinheiro, mas também os seus documentos enquanto está no estrangeiro. Pode sair em segurança e, se precisar deles, pode explicar a situação e voltar ao quarto para os apresentar. A cloud é excelente para guardar cópias de segurança dos documentos. Imagine que acaba mesmo por cair no conto do vigário, ou que fica sem cartão por perda ou roubo? Nesse caso, tem cópias à mão e em segurança para resolver tudo logo.

Seja qual for o seu destino, desfrute ao m√°ximo mas mantenha-se sempre atento a quaisquer sinais de alerta, seja consigo ou com os seus. Se viajar em grupo, n√£o hesite em avisar sobre a eventualidade deste tido de situa√ß√Ķes aparentemente inocentes, mas com consequ√™ncias incalcul√°veis. De facto, muitas vezes as repercuss√Ķes s√£o bem mais extensas do que se imagina, pois al√©m de roubo financeiro h√° tamb√©m o risco de roubo de identidade.

Quando viajamos damos particular atenção à carteira onde normalmente guardamos o dinheiro e os documentos, mas para que um assalto se concretize, nem sempre é preciso que ela saia das nossas mãos ou que o assaltante esteja à nossa frente.

Fonte Globalis

Partilhe:

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

*

*

Comment moderation is enabled. Your comment may take some time to appear.

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como s√£o processados os dados dos coment√°rios.