Home | Atualidade | Europa | Disparam as reservas de férias no Reino Unido
Disparam as reservas de férias no Reino Unido

Disparam as reservas de férias no Reino Unido

O recente anúncio do primeiro ministro do Reino Unido sobre o próximo desconfinamento, está a provocar uma corrida às companhias aéreas e sites de viagens, para reservar férias de verão.

O plano de desconfinamento, anunciado por Boris Johnson, que prevê a retoma das viagens internacionais a 17 de maio, funcionou como um sopro de oxigénio, promotor de uma animação inusitada, no setor de viagens do reino e consequentemente nos destinos turísticos de sol e praia.

Segundo a imprensa inglesa, a EasyJet registou logo após o anúncio de Boris Johnson, um aumento superior a 300%, nas reservas de vôo e mais de 600% nos pacotes de férias.

Os destinos mais procurado pela clientes da low cost britânica, são Portugal, Espanha, Itália e Grécia, mas e apesar do entusiasmo, a maioria das reservas mantém o sinal ‘pendente’, devido às dúvidas sobre as restrições nos países de destino, perante a progressão da variante britânica do SARS-CoV-2.

Recorde-se que para já, destinos como Portugal, Espanha e França, continuam a proibir viagens não essenciais de e para o Reino Unido.

A Associação Internacional de Transportes Aéreos (IATA), que representa cerca de 290 companhias aéreas, está a preparar a aplicação de um passaporte digital de saúde para tentar acelerar a reabertura segura de fronteiras e a retoma controlada dos voos de lazer.

Partilhe:

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

*

*

Comment moderation is enabled. Your comment may take some time to appear.

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.