Home » OPINI√ÉO... » Sa√ļde (Opini√£o) » Doen√ßas Cardiovasculares: A import√Ęncia de cuidar do Cora√ß√£o
Doen√ßas Cardiovasculares: A import√Ęncia de cuidar do Cora√ß√£o

Doen√ßas Cardiovasculares: A import√Ęncia de cuidar do Cora√ß√£o

O cora√ß√£o √© composto, na sua maioria, por m√ļsculo, que, ao contrair as suas paredes, faz com que o sangue seja bombeado no sistema circulat√≥rio. Assim, este √≥rg√£o cumpre um papel fundamental no equil√≠brio do organismo, permitindo que o sangue transporte oxig√©nio e nutrientes a todas as c√©lulas e, consequentemente, garantindo a sua sobreviv√™ncia.

Ao zelarmos pela sa√ļde do cora√ß√£o estamos a preservar todos os restantes √≥rg√£os do corpo. Isto √©, caso o cora√ß√£o deixe de funcionar normalmente, todos os √≥rg√£os ser√£o afetados, deixando de receber a quantidade de sangue necess√°ria.

A doen√ßa coron√°ria ateroscler√≥tica, que pode manifestar-se atrav√©s do enfarte agudo do mioc√°rdio, √© uma das principais causas de morte em todo o mundo. O enfarte ocorre quando o fluxo de sangue, para uma parte do cora√ß√£o, √© bloqueado por um per√≠odo prolongado, geralmente devido a um co√°gulo sangu√≠neo. Isto pode causar danos permanentes ao m√ļsculo card√≠aco, comprometendo a capacidade do cora√ß√£o de bombear sangue eficientemente.

Al√©m do stress e da ansiedade, o tabaco, o colesterol elevado, a diabetes, a hipertens√£o arterial, o sedentarismo e o excesso de peso, s√£o fatores que provocam o desgaste do cora√ß√£o e representam fatores de risco para doen√ßas card√≠acas. Para minimizar estes riscos, √© crucial adotar h√°bitos de vida saud√°veis, como seguir uma alimenta√ß√£o equilibrada rica em fibras, vegetais e prote√≠nas magras, al√©m de evitar a√ß√ļcar, sal e gorduras saturadas; n√£o fumar e controlar o stress atrav√©s de t√©cnicas de relaxamento, como a medita√ß√£o.

Em caso de suspeita de enfarte, deve reconhecer os sintomas rapidamente. Os sinais mais comuns incluem dor ou desconforto no peito, que pode irradiar para os ombros, bra√ßos, costas, pesco√ßo ou mand√≠bula. Outros sintomas podem incluir falta de ar, suores, n√°useas ou desmaio. √Č primordial agir com rapidez, contactando os servi√ßos de emerg√™ncia. O tratamento precoce √© vital para minimizar os danos e sequelas. O tratamento de elei√ß√£o para o enfarte agudo do mioc√°rdio √© a angioplastia prim√°ria, que consiste na desobstru√ß√£o das art√©rias bloqueadas, podendo incluir a administra√ß√£o de medicamentos para dissolver co√°gulos, e, na grande maioria dos casos, √© complementada com a implanta√ß√£o de stents para manter as art√©rias abertas.

Após um enfarte, o comportamento e os cuidados pós-enfarte são cruciais para a recuperação e prevenção de futuros problemas cardíacos. A reabilitação cardíaca é uma componente essencial deste processo. Além disso, a adesão e cumprimento do regime de medicamentos prescritos pelo médico é fundamental, pois estes medicamentos podem incluir anticoagulantes, betabloqueadores, inibidores da enzima de conversão da angiotensina (ECA) e estatinas, que ajudam a controlar a pressão arterial, os níveis de colesterol e prevenir a formação de novos coágulos.

Para promover o conhecimento e a compreens√£o sobre o enfarte agudo do mioc√°rdio e os seus sintomas, bem como alertar para a import√Ęncia do diagn√≥stico atempado e tratamento precoce, a Associa√ß√£o Portuguesa de Interven√ß√£o Cardiovascular (APIC) est√° a promover, em Portugal, a campanha Cada Segundo Conta, integrada na iniciativa Stent Save a Life.

Para mais informa√ß√Ķes sobre esta campanha, consulte www.cadasegundoconta.pt

Jo√£o Brum Silveira
Coordenador Nacional do Stent Save a Life (APIC)

Partilhe:

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

*

*

Comment moderation is enabled. Your comment may take some time to appear.

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como s√£o processados os dados dos coment√°rios.