Home » Sociedade » Escolas e universidade » Encarregados de educa√ß√£o recusam o ensino remoto
Encarregados de educação recusam o ensino remoto

Encarregados de educação recusam o ensino remoto

O estudo promovido pela ConsumerChoice analisa as tend√™ncias de consumo no Regresso √†s Aulas, bem como as perce√ß√Ķes e expectativas dos encarregados de educa√ß√£o sobre o futuro do ensino.

Segundo as conclus√Ķes deste estudo, existem expectativas de um ensino mais digital, mas com a continuidade do formato presencial. 19% vivem o Regresso √†s Aulas com ansiedade e muitos identificam a falta de tempo para brincar (12%) e o excesso de trabalhos de casa (19%) como desafios atuais das crian√ßas.

Em relação ao tipo de ensino que desejam para 2033, apenas 6% dos encarregados de educação gostaria que este fosse 100% digital e ninguém (0%) deseja o ensino remoto. 30% gostaria que houvesse mais foco na criatividade e resolução de problemas, 16% espera que haja uma abordagem mais personalizada, 15% gostaria que fosse mais prático e menos teórico (comparado com o atual) e 12% refere um maior destaque nas capacidades socio-emocionais.

Devido ao crescente uso de tecnologia e inteligência artificial, 23% dos consumidores acredita que os dispositivos eletrónicos serão o maior investimento no Regresso às Aulas daqui a 10 anos, com 18% a achar que irá gastar mais em licenças de software educacional e 13% em livros digitais interativos.

Apesar de a maior parte dos consumidores revelar que o Regresso às Aulas é sentido com entusiasmo (33%), há também quem associe esta época a ansiedade (19%) e a stress (12%). Para os encarregados de educação, as principais dificuldades vividas pelos alunos atualmente são a sobrecarga de trabalhos de casa (19%), o método de ensino em vigor (15%), o pouco tempo livre para brincarem (12%) e o programa curricular (10%).

Adicionalmente, os principais desafios dos professores, percecionados pelos encarregados de educação, são o tamanho das turmas (18%), os desafios na gestão do comportamento dos alunos em sala de aula (16%) e as dificuldades associadas com a progressão de carreira e salarial (16%).

Sobre o Estudo

Caracteriza√ß√£o da amostra: universo de 981 consumidores, dos quais 69% s√£o do sexo feminino, 28% do sexo masculino, 2% n√£o-bin√°rio e 1% preferiu n√£o responder. Quanto √†s idades compreendidas dos inquiridos, a amostra √© composta por 3% de indiv√≠duos entre 18 a 25 anos, 5% entre 26 a 34 anos, 53% entre 35 a 44 anos e 38% com idade superior a 45 anos. 45% destes consumidores est√£o localizados na zona da Grande Lisboa, 34% na zona Centro, 12% na zona do Grande Porto e zona Norte e a restante percentagem encontra-se distribu√≠da em v√°rios pontos do pa√≠s. Destes consumidores, 45% √© respons√°vel por 2 crian√ßas em idade escolar (at√© 12¬ļ ano) enquanto 43% tem a seu cargo 1 crian√ßa em idade escolar e 12% √© respons√°vel por 3 ou mais crian√ßas.

Partilhe:

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

*

*

Comment moderation is enabled. Your comment may take some time to appear.

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como s√£o processados os dados dos coment√°rios.