Encerramento do Festival de Órgão do Algarve

Encerramento do Festival de Órgão do Algarve

926

Após mais uma semana de grandes concertos, o Festival de Órgão do Algarve está prestes a encerrar. Convidado para fechar a 12.ª edição do evento, o organista Javier Artigas junta-se aos Ministriles de Marsias, para nos presentearem com dois concertos únicos!

Na sexta-feira 29 de novembro, na Igreja de Santiago de Tavira, Javier Artigas e os Ministriles de Marsias combinam órgão, corneta, bajoncillo, chirimía, sacabuche e bajón em invenciones de glosas.

No sábado 30 de novembro, a Igreja da Sé em Faro será palco de uma autêntica batalha musical com tientos, glosas, pangelinguas e ensaladas, interpretadas pelo organista espanhol e pelo conjunto de instrumentos históricos de sopro habitual nas capelas das catedrais.

Javier Artigas fez a sua formação no Conservatório em Zaragoza, em piano, órgão e cravo, estes dois últimos sob a direção de José Luis González Uriol. Realiza regularmente concertos por Espanha, Europa e Ásia, nos ciclos mais importantes dedicados ao órgão e ao cravo. Realizou gravações para RNE, Radio Clásica e RTVE. É assessor para o restauro e conservação dos órgãos históricos da Comunidad de Murcia. É coordenador das Jornadas Internacionais de Órgão de Zaragoza e do Festival de Música Antiga de Daroca. É professor no Conservatório Superior de Música de Múrcia, como Chefe do Departamento de Música Antiga e catedrático de órgão e cravo.

Ministriles de Marsias é um verdadeiro conjunto de menestréis, nome dado aos instrumentos de sopro nas capelas das catedrais. O nome do grupo refere-se à disputa entre o civilizado Apollo com a sua harpa e o bárbaro menestrel Mársias soprando na tibia. O grupo é especializado na interpretação de música espanhola, instrumental e vocal, recriando o modelo típico nas capelas das igrejas e catedrais, onde os menestréis eram indispensáveis desde o final do século XV até meados do século XVIII. Os elementos do grupo lecionam música, são membros de orquestras sinfónicas como solistas do instrumento moderno, desenvolvem trabalho de pesquisa musicológica e realizam recitais a solo.

Os concertos realizam-se às 21h30 com entrada livre.

O Festival de Órgão do Algarve 2019 é organizado pela Associação Cultural Música XXI, conta com os apoios da Direção Regional de Cultura do Algarve e dos Municípios de Faro, Loulé, Tavira e Portimão, com o apoio à divulgação da Região de Turismo do Algarve e com os parceiros de comunicação Antena 2, Sul Informação e Rua FM. Conta ainda com a parceria da Ordem do Carmo de Faro, do Cabido da Sé de Faro, das Paróquias de Portimão, Boliqueime e Tavira e da Misericórdia de Tavira.

Partilhe:



Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*

Comment moderation is enabled. Your comment may take some time to appear.

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

O site 'ipressJournal' utiliza cookies para melhorar a experiência de navegação do visitante. LER MAIS

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close