Home » Municipios » Exigida a constru√ß√£o do Posto GNR do Poceir√£o
Exigida a construção do Posto GNR do Poceirão

Exigida a construção do Posto GNR do Poceirão

O Presidente da C√Ęmara Municipal de Palmela, √Ālvaro Balseiro Amaro, re√ļne com o Ministro da Administra√ß√£o Interna, Jos√© Lu√≠s Carneiro, no dia 12 de julho, para exigir a celebra√ß√£o de um compromisso para que a constru√ß√£o do novo Posto da GNR de Poceir√£o avance finalmente.

A informa√ß√£o foi transmitida durante a sess√£o p√ļblica ‚ÄúSentimento de (In)Seguran√ßa e Novo Posto da GNR de Poceir√£o‚ÄĚ, realizada a 20 de junho, no Parque M√°rio Bento, no √Ęmbito da Semana da Freguesia de Poceir√£o, que decorre at√© dia 23.

A sess√£o, que foi bastante participada, teve como objetivo abordar a situa√ß√£o da seguran√ßa p√ļblica na freguesia, esclarecer as mudan√ßas na gest√£o de efetivos da GNR em Poceir√£o e apresentar o projeto, desenvolvido pelo Munic√≠pio de Palmela, para o novo Posto.

O Presidente apresentou o ponto de situa√ß√£o deste processo, que teve in√≠cio em 2016. Em abril de 2020, a C√Ęmara Municipal, a Secretaria-Geral da Administra√ß√£o Interna e a GNR assinaram um Protocolo de Colabora√ß√£o para a celebra√ß√£o de um Contrato de Coopera√ß√£o Interadministrativo para a constru√ß√£o do novo Posto Territorial da GNR de Poceir√£o. Atrav√©s deste Protocolo, o Munic√≠pio assumiu a responsabilidade de ceder o terreno do logradouro da antiga Escola B√°sica de Poceir√£o e de lan√ßar concurso para a elabora√ß√£o do projeto de execu√ß√£o, que foi adjudicado em setembro desse ano.

Ap√≥s v√°rias altera√ß√Ķes para corresponder √†s exig√™ncias do Minist√©rio da Administra√ß√£o Interna (MAI), a quarta vers√£o do projeto foi entregue a 17 de abril deste ano e recebeu o parecer do MAI a 2 de junho, tendo sido remetida no mesmo dia √†s/aos projetistas para fazerem as corre√ß√Ķes, que se comprometeram a entregar o projeto entre 26 e 30 de junho.

¬ęEst√° na altura de fazer o contrato de financiamento, para podermos p√īr a obra em Or√ßamento¬Ľ, considera √Ālvaro Balseiro Amaro, alertando que ¬ęse o processo n√£o avan√ßar, pode-se perder a oportunidade de ter financiamento externo¬Ľ. ¬ęTem que haver dinheiro para a obra, se n√£o for de fundos comunit√°rios, ser√° do Or√ßamento Geral do Estado¬Ľ, referiu. Por isso, da reuni√£o de dia 12 com o Ministro, o Presidente espera uma resposta concreta e um compromisso, garantindo que ir√° manter a popula√ß√£o informada sobre o resultado do encontro e apelando a que todas/os estejam atentas/os e unidas/os.

Presente na sess√£o, a Presidente da Uni√£o das Freguesias de Poceir√£o e Marateca, Cec√≠lia Sousa, lembrou que, ao lado do Munic√≠pio, a Junta e a Assembleia de Freguesia t√™m desenvolvido ao longo dos anos ¬ęuma luta constante, sempre pelas condi√ß√Ķes de trabalho dos militares¬Ľ e ¬ęa pensar nas necessidades e expetativas da popula√ß√£o¬Ľ. ¬ę√Č urgente a constru√ß√£o no novo Posto, para que os nossos militares que est√£o reorganizados noutro Posto possam voltar e para que possamos, em pleno, garantir a seguran√ßa da popula√ß√£o¬Ľ, apelou.

Atual Posto n√£o vai encerrar

O Capit√£o H√©lder Gomes Ferreira, Comandante do Destacamento Territorial de Palmela da GNR, garantiu que, ao contr√°rio do que se chegou a recear no in√≠cio deste ano, o atual Posto da GNR, cujo aluguer das instala√ß√Ķes √© assumido pelo Munic√≠pio, n√£o vai encerrar e est√° a funcionar durante 24 horas por dia.

O que aconteceu, explicou, foi uma ¬ęreorganiza√ß√£o do dispositivo¬Ľ, concentrado o efetivo no Posto sede de Pinhal Novo, de onde depois s√£o lan√ßadas as patrulhas para Poceir√£o. ¬ę√Č uma medida operacional e n√£o est√£o em causa os servi√ßos prestados no Posto de Poceir√£o¬Ľ, assegurou, admitindo que ¬ęn√£o √© uma medida perfeita, mas foi necess√°ria¬Ľ, tendo sempre em vista a melhoria do servi√ßo prestado. ¬ęQuando este processo terminar, vamos ter condi√ß√Ķes para ter os militares de volta e mais efetivo¬Ľ, referiu, esperando que tudo ¬ęse resolva o mais rapidamente poss√≠vel¬Ľ.

Partilhe:

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

*

*

Comment moderation is enabled. Your comment may take some time to appear.

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como s√£o processados os dados dos coment√°rios.