Faro lança iniciativa de entrega de compras em casa

Faro lança iniciativa de entrega de compras em casa

O Município de Faro vai implementar um sistema de entrega domiciliária de bens alimentares não confecionados e produtos farmacêuticos aos munícipes do concelho no âmbito da iniciativa #FaroemCasa. Nesse sentido, a autarquia lança um repto e alerta a empresas (mercearias, minimercados, supermercados, talhos, frutaria, farmácias e outros) que estejam interessados e queiram associar-se a este projeto de distribuição.

Este serviço insere-se num conjunto de medidas implementadas pelo Município, que está a procurar trabalhar ativamente na procura de soluções que por um lado, minimizem as dificuldades por que todos estão a passar e facilitem a permanência dos cidadãos nos seus lares para que contribuam ativamente na contenção do foco do COVID-19, no concelho e no País.

Este sistema de distribuição vai ser garantido, a breve trecho, numa parceria entre o Município de Faro, a Rotaxi – Cooperativa Radio-Taxis de Faro e a ACRAL (Associação do Comércio e Serviços da Região do Algarve), ficando o transporte destes bens de primeira necessidade a cargo dos motoristas da Rotaxi, que poderão entregar ao domicílio os produtos sem qualquer transação de dinheiro físico.

A encomenda será feita por via telefónica ou internet e o pagamento do valor correspondente aos produtos adquiridos e de uma taxa, pré-definida de acordo com a localização da morada de entrega, que servirá para cobrir o valor da deslocação, a cargo da Rotaxi deverá ser efetuado previamente através de transferência bancária ou MB Way.

Município apela a empresas do concelho (frutarias, minimercados, supermercados ou farmácias) que queiram associar-se a iniciativa #FaroemCasa em parceria com Rotaxi – Cooperativa Radio-Taxis de Faro e ACRAL

Partilhe:



Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Comment moderation is enabled. Your comment may take some time to appear.

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

O site 'ipressJournal' utiliza cookies para melhorar a experiência de navegação do visitante. LER MAIS

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close