Home » Gastro & Vinhos » Vinhos » Feira dos Vinhos e Sabores dos Altos em Alij√≥
Feira dos Vinhos e Sabores dos Altos em Alijó

Feira dos Vinhos e Sabores dos Altos em Alijó

O Parque da Vila de Alijó volta a receber a Feira dos Vinhos e Sabores dos Altos, a 16, 17 e 18 de junho, uma montra de divulgação dos vinhos e sabores do planalto duriense.

A edição de 2023 assinala o arranque de uma aposta estratégica da autarquia, que visa a criação da marca Vinhos dos Altos, com o objetivo de promover o território e potenciar este nicho de mercado.

‚ÄúEste √© um outro Douro que damos a conhecer, onde os vinhos brancos protagonizam um papel de destaque e que √© menos divulgado e reconhecido na regi√£o. Queremos alterar este paradigma, o Douro, principalmente a cotas mais elevadas, consegue colocar no mercado vinhos de excel√™ncia, de grande qualidade e com uma personalidade √ļnica‚ÄĚ, refere Jos√© Rodrigues Paredes, presidente da C√Ęmara Municipal de Alij√≥.

Os Vinhos dos Altos incorporam e transmitem a paixão dos seus produtores, vertida em cada vinho. Representam uma conjugação equilibrada entre paixão e trabalho, entre respeito pela tradição e criatividade.

‚ÄúAlij√≥ tem acolhido, nos √ļltimos anos, uma nova gera√ß√£o de produtores com uma identidade muito pr√≥pria que ousou criar vinhos que fogem ao perfil habitual do Douro. S√£o produtores que est√£o instalados no Planalto de Alij√≥, uma zona mais fresca do Douro que, durante muito tempo, esteve fora do radar‚ÄĚ, acrescenta o autarca.

De 16 a 18 de junho vão marcar presença 45 produtores de vinho, de pequena, média e grande dimensão, que produzem ou têm as suas unidades de produção e engarrafamento no Concelho de Alijó. Também presentes vão estar alguns expositores de produtos locais, nomeadamente azeite, pão, bola de carne, mel e frutos secos, que vão dar a conhecer o potencial da região neste certame que atrai milhares de visitantes de vários pontos da região.

A edi√ß√£o deste ano arranca com um semin√°rio dedicado ao impacto das altera√ß√Ķes clim√°ticas no Douro, nomeadamente os preju√≠zos provocados pela queda de granizo na produ√ß√£o de vinho. Este momento inclui a apresenta√ß√£o de um projeto inovador do Munic√≠pio de Alij√≥ relativa √† implementa√ß√£o de um sistema anti-granizo.

Ao longo dos tr√™s dias do evento, os visitantes que ter√£o oportunidade de conhecer de perto os nossos produtores, assim como desfrutar de um vasto programa que inclui provas comentadas de vinhos, palestras, showcooking dedicado a tapas e petiscos de polvo galego, numa zona de restaura√ß√£o preparada para receber os visitantes e muita m√ļsica. Esta ano h√° ainda uma novidade – um passeio de cl√°ssicos que ir√£o percorrer quintas e locais de interesse tur√≠stico do Concelho.

À semelhança de anos anteriores, realiza-se o Concurso Escolha de Imprensa Vinhos dos Altos, dirigido a profissionais, irá eleger os melhores vinhos dos produtores presentes na Feira.

Um mercado em crescimento

Alijó é o concelho com maior produção de vinho (em litros) da Região Demarcada do Douro, segundo dados do Instituto do Vinho e da Vinha. No ano de 2022, foram aqui produzidos 25.639.800 litros.

Cerca de 80% a 90% da faturação do Concelho tem origem no setor vitivinícola, o que comprova o importante peso económico do Vinho na região, com forte repercussão ao nível do turismo.

Os Vinhos dos Altos, produzidos em cotas mais altas, entre os 500 e 700 metros de altitude, situadas no Planalto do Concelho de Alij√≥, come√ßam a desempenhar um papel muito importante na economia local. Dos cerca de 70 produtores/engarrafadores, perto de 30 dedicam-se √† produ√ß√£o de Vinhos dos Altos. √Č aqui que nascem vinhos √ļnicos e distintos, mais frescos, de qualidade superior e com grande potencial de guarda, que complementam a excelente oferta de vinhos produzidos nas encostas do Douro.

Partilhe:

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

*

*

Comment moderation is enabled. Your comment may take some time to appear.

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como s√£o processados os dados dos coment√°rios.