Home » Atualidade » Internacional » Guerra: onda de ciberataques √† escala global
Guerra: onda de ciberataques à escala global

Guerra: onda de ciberataques à escala global

O relat√≥rio semestral “Threat Landscape Report”, elaborado pela S21sec, empresa do setor de servi√ßos de ciberseguran√ßa, analisa a evolu√ß√£o do cibercrime no primeiro semestre de 2022. De acordo com o mesmo relat√≥rio, Portugal ocupa o 37¬ļ lugar do ranking mundial de ciberataques.

Segundo o relat√≥rio, a invas√£o russa da Ucr√Ęnia conduziu a um contexto de instabilidade no dom√≠nio da ciberseguran√ßa a n√≠vel internacional, al√©m de uma maior suscetibilidade do tecido empresarial a qualquer poss√≠vel amea√ßa.

Entre as principais conclus√Ķes, a equipa Threat Intelligence da S21sec, detetou mais de 11.925 vulnerabilidades nos √ļltimos seis meses que levaram a uma maior suscetibilidade da comunidade empresarial a qualquer poss√≠vel amea√ßa. De acordo com o relat√≥rio, grande parte dos ciberataques teve como principal entrada a explora√ß√£o por cibercriminosos de alguma vulnerabilidade nas infraestruturas das organiza√ß√Ķes afetadas.

O m√™s de mar√ßo acumulou o maior n√ļmero de incidentes de seguran√ßa, tendo sido registada uma ligeira diminui√ß√£o de casos nos meses seguintes. De salientar que nos primeiros seis meses do ano houve quase 7.000 vulnerabilidades de n√≠vel cr√≠tico ou elevado, como o CVE 2022-30190, tamb√©m conhecido como Follina, que os cibercriminosos t√™m explorado ativamente para a execu√ß√£o de diferentes tipos de ataques.

Durante o conflito, a R√ļssia recorreu ao uso de diferentes tipos de amea√ßas, infiltrando-se nos sistemas e causando grandes danos a empresas e organiza√ß√Ķes ucranianas.

O hacktivismo tem crescido pelo envolvimento de agentes externos financiados por agências governamentais de outros países, bem como empresas pertencentes a vários sectores, que quiseram aproveitar o conflito.

Partilhe:

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

*

*

Comment moderation is enabled. Your comment may take some time to appear.

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como s√£o processados os dados dos coment√°rios.