INFARMED aprova comprimido único que trata o VIH

INFARMED aprova comprimido único que trata o VIH

1268

A ViiV Healthcare anunciou que o INFARMED concluiu o processo de avaliação prévia para a utilização do medicamento “dolutegravir” 50mg / “abacavir” 600mg / “lamivudina” 300mg, em Portugal, para o tratamento da infeção por VIH em adultos e adolescentes com mais de 12 anos de idade e que pesem pelo menos 40kg.

O novo medicamento é o primeiro regime de comprimido único de toma única diária, da ViiV Healthcare, que combina o inibidor da transferência de cadeia da integrase (INI) dolutegravir, com os análogos nucleosídeos inibidores da transcriptase reversa (NITRs), abacavir e lamivudina. Este medicamento já está disponível em 25 países Europeus.

É recomendado como um regime de primeira linha para o tratamento de doentes infetados por VIH, nas seguintes guidelines: guidelines IAS, guidelines EACS, guidelines DHHS, guidelines GESIDA e guidelines portuguesas.

Para Inês Roxo, Country Manager, ViiV Healthcare Portugal, “Quase dois anos após a aprovação pela Comissão Europeia estamos agora satisfeitos com a aprovação do INFARMED que oferece às pessoas que vivem com VIH em Portugal o primeiro regime de comprimido único contendo dolutegravir. Este novo medicamento é o resultado direto da abordagem centrada no doente para a inovação da ViiV Healthcare. Como uma empresa que se foca 100% no VIH, o nosso compromisso é continuar a apresentar novas opções de cuidados e tratamento para pessoas que vivem com o VIH.”

VIH significa Vírus da Imunodeficiência Humana. Ao contrário de outros vírus, o corpo humano não consegue eliminar o VIH pelo que, quando alguém tem VIH, tem-no para toda a vida.

O VIH infeta células específicas do sistema imunitário, chamadas células CD4 ou células-T. Ao longo do tempo, o VIH pode destruir demasiadas destas células pelo que o organismo não consegue combater as infeções e a doença. Quando isto acontece, a infeção pelo VIH leva à Síndrome da Imunodeficiência Adquirida (SIDA) que é a fase final da infeção pelo VIH.9 Não existe cura para o VIH, mas com um diagnóstico precoce e um tratamento eficaz, a maioria das pessoas com VIH não chegará a desenvolver SIDA.

No final de 2015, estima-se que 36,7 milhões de pessoas viviam com VIH em todo o mundo, mais 18% do que em 2001. 2.1 milhões de pessoas contraíram novas infeções por VIH nesse ano. 17 milhões de pessoas com VIH estavam a fazer terapêutica antirretroviral em 2015.

No final de 2014, estima-se que 53.072 pessoas viviam com VIH em Portugal, das quais 1.220 foram diagnosticados com VIH nesse ano. 1.472 pessoas com VIH iniciaram terapêutica antirretroviral em 2014.

Partilhe:



Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*

Comment moderation is enabled. Your comment may take some time to appear.

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

O site 'ipressJournal' utiliza cookies para melhorar a experiência de navegação do visitante. LER MAIS

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close