Home | Atualidade | Internacional | Lancha BOJADOR da GNR resgata migrantes na Sardenha
Lancha BOJADOR da GNR resgata migrantes na Sardenha
Lancha de Patrulhamento Costeiro “Bojador” na Operação Conjunta “THEMIS 2022” - Itália

Lancha BOJADOR da GNR resgata migrantes na Sardenha

A Unidade de Controlo Costeiro da GNR, resgatou no passado dia 22 de maio, dez migrantes, com a Lancha de Patrulhamento Costeiro Bojador, a sudoeste da ilha de Sardenha, no âmbito da Operação Conjunta da Frontex, “THEMIS 2022”.

No decorrer de uma operação de busca a uma embarcação de migrantes, foi solicitado o empenhamento da Lancha Bojador, em coordenação com os restantes meios marítimos e aéreos mobilizados para o local. No seguimento da ação, os militares da Guarda iniciaram diligências com o intuito de detetar a referida embarcação, cuja localização era desconhecida, tendo, pelas 18h30, sido detetada e intercetada uma pequena embarcação de fibra com dez migrantes a bordo, todos homens de nacionalidade tunisina.

Os militares da tripulação do Bojador procederam ao resgate dos migrantes para bordo do navio e, após verificarem que se encontravam aparentemente em bom estado de saúde, foram transportados para o Porto de Sant’Antioco, em coordenação com as autoridades locais e equipas da FRONTEX, tendo ainda sido efetuado o reboque da embarcação utilizada na travessia e que lhes foi igualmente entregue.

A Guarda Nacional Republicana (GNR), através da Unidade de Controlo Costeiro, projetou a Lancha de Patrulhamento Costeiro “Bojador” na Operação Conjunta “THEMIS 2022” – Itália, sob a égide da Agência da Guarda Europeia de Fronteiras e Costeira (FRONTEX), no âmbito da coordenação operacional nas fronteiras externas da União Europeia, para controlar os fluxos de migração e impedir a criminalidade transfronteiriça, que decorrerá até 13 de julho de 2022.

Partilhe:

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

*

*

Comment moderation is enabled. Your comment may take some time to appear.

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.