Luso Lynx na Liga Andaluza de Hóquei no Gelo

Luso Lynx na Liga Andaluza de Hóquei no Gelo

151

Os Luso Lynx, equipa filiada na Federação de Desportos de Inverno de Portugal (FDI – Portugal) participa este fim-de-semana, em Granada, na primeira jornada da Liga Andaluza de Hóquei no Gelo, realizando três jogos, esta sexta feira com os Granada Grizzlies, sábado com os Grizzlies (equipa sub-21) e domingo com os Costa Bulls.

Fundados em 2017, os Luso Lynx têm no currículo um quarto lugar na época 2017/18 da Liga Andaluz e, segundo a Diretora Desportiva (team manager) Cristina Lopes, luso canadiana de 53 anos, o objetivo será sempre “ melhor possível”: “As aspirações desta equipa passam, antes de mais, por divulgar a modalidade e trazer mais gente para o hóquei no gelo. Mas no que diz respeito a este torneio, desejamos sempre o primeiro lugar.”

Metas que esbarram apenas em dificuldades estruturais de uma modalidade que em Portugal dá os primeiros passos. “A grande dificuldade é a falta de uma pista de gelo permanente. Enquanto isso não é possível, treinamos no pavilhão do Hockey Clube Sintra com patins em linha ou em pistas de gelo temporárias em centros comerciais. Mas o talento existe e um treinador com experiência também”, atira Cristina Lopes, referindo-se a Jim Aldred, que o ano passado chegou a treinar duas equipas na Suécia, com destaque para o Lycksele, que promoveu à segunda divisão sueca.

Refira-se, a título de curiosidade, a natureza democrática desta modalidade conforme praticada nos moldes da FDI-Portugal, com os Luso Lynx a integrar no seu plantel jogadores de ambos os sexos e com idades de vão desde os 16 anos até aos 53.

Sobre a Federação de Desportos de Inverno de Portugal

Há registos que apontam para a introdução do esqui em Portugal por volta de 1918. A partir de 1933 começaram a ser organizadas, com caráter regular, as primeiras competições, o que também resultou nas primeiras participações pontuais de atletas portugueses em olimpíadas de inverno.

No entanto, apenas na última década do século XX, mais concretamente a 15 de maio de 1992, é que foi criada uma federação responsável pela regulamentação dos desportos de inverno em Portugal: a Federação de Desportos de Inverno de Portugal (FDI-Portugal). A autoridade portuguesa em matéria de desportos relacionados com a neve, filiada na Federação Internacional de Esqui.
Uma organização sem fins lucrativos, dotada de estatuto de utilidade pública desportiva, com sede na Covilhã, que tem como principais objetivos promover, regulamentar e dirigir, a nível nacional, a prática de desportos relacionados com a neve, nas vertentes formativa, desportiva e cultural.

Cabe também à FDI-Portugal representar o seu conjunto de modalidades desportivas, junto das organizações desportivas nacionais e internacionais.

Partilhe:



Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*

Comment moderation is enabled. Your comment may take some time to appear.

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

O site 'ipressJournal' utiliza cookies para melhorar a experiência de navegação do visitante. LER MAIS

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close