Home » Cultura » Artes Pl√°sticas » Manifesto a favor da exposi√ß√£o das obras de Joan Mir√≥
O Carnaval do Arlequim, de Joan Miró (1893-1983) | POLIVISÃO

Manifesto a favor da exposição das obras de Joan Miró

Os Mir√≥s como j√° s√£o chamados na g√≠ria, est√£o a ser alvo de uma manifesto p√ļblico da autoria dos mesmos organizadores da peti√ß√£o a favor da manuten√ß√£o das obras em Portugal, para que aquelas sejam expostas no pa√≠s, segundo Carlos Cabral Nunes, um dos respons√°veis pela peti√ß√£o original, informa a Ag√™ncia Lusa.

Este manifesto que se destina a ser enviada ao governo e √† empresa respons√°vel pelas obras, a Parvalorem, que faz a gest√£o da divida do BPN, visa, “a partir da peti√ß√£o, que continua ativa, reunir as pessoas que apoiaram a iniciativa, um m√™s depois do seu primeiro encontro”.

Recorde-se que a peti√ß√£o p√ļblica lan√ßada em janeiro, suscitou um intenso debate sobre a sa√≠da do pa√≠s dos 85 quadros de Joan Mir√≥, ativos financeiros que pertenciam ao falido Banco Portugu√™s de Neg√≥cios (BPN), que ficaram em poder do Estado depois da nacionaliza√ß√£o e que chegaram a estar expostos em Londres no dia do leil√£o internacional, a 04 de fevereiro, mas que acabou por n√£o se realizar, apesar do Tribunal Administrativo de Lisboa, ter recusado a provid√™ncia cautelar, apresentada pelo Minist√©rio P√ļblico.

Partilhe:
Os Mir√≥s como j√° s√£o chamados na g√≠ria, est√£o a ser alvo de uma manifesto p√ļblico da autoria dos mesmos organizadores da peti√ß√£o a favor da manuten√ß√£o das obras em Portugal, para que aquelas sejam expostas no pa√≠s, segundo Carlos Cabral Nunes, um dos respons√°veis pela peti√ß√£o original, informa a Ag√™ncia Lusa. Este manifesto que se destina a ser enviada ao governo e √† empresa respons√°vel pelas obras, a Parvalorem, que faz a gest√£o da divida do BPN, visa, "a partir da peti√ß√£o, que continua ativa, reunir as pessoas que apoiaram a iniciativa, um m√™s depois do seu primeiro encontro".…

Review Overview

Summary : Classifique:

User Rating: 4.65 ( 1 votes)

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

*

*

Comment moderation is enabled. Your comment may take some time to appear.

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como s√£o processados os dados dos coment√°rios.