Home » Agenda » Festivais » Marrocos √© o pa√≠s convidado do Festival Med 2024
Marrocos é o país convidado do Festival Med 2024

Marrocos é o país convidado do Festival Med 2024

O Festival MED que este ano assinala 20 anos, está anunciado para o fim de semana de 27 a 30 de junho, quatro dias que prometem ser marcados por uma celebração inesquecível, com o convite a residentes no Algarve e visitantes, para se juntarem a esta comemoração.

A Zona Hist√≥rica de Loul√© vai estar em festa e em ‚Äúmodo MED‚ÄĚ, com uma novidade, a partir desta edi√ß√£o haver√° um pa√≠s convidado, com Marrocos a ser o ser o primeiro a mostrar em Loul√©, a sua cultura e tradi√ß√Ķes, atrav√©s da m√ļsica, artesanato, gastronomia, literatura e outras mostras culturais.

O Claustro do Convento do Esp√≠rito Santo ser√° recriado um Souk, e durante os dias do Festival, os visitantes poder√£o vivenciar o verdadeiro ambiente do Magreb, da decora√ß√£o aos cheiros e sabores, da m√ļsica √†s dan√ßas.

A gastronomia de Marrocos ser√° um dos destaques, j√° que diariamente o p√ļblico poder√° degustar pratos t√≠picos como as tagines, os couscous, as keftas ou o tradicional ch√° de menta, ao mesmo que no palco ir√£o atuar artistas marroquinos.

O artesanato tradicional tamb√©m ser√° mostrado ‚Äúao vivo e a cores‚ÄĚ. Al√©m disso, ser√° exibido um filme de Marrocos integrado na programa√ß√£o do Cinema MED, lan√ßado um lan√ßamento um livro e realizada uma confer√™ncia sobre o seu autor.

Marrocos √© um territ√≥rio que est√° aqui t√£o perto mas, para al√©m das fronteiras geogr√°ficas, h√° ainda muito a aprofundar do ponto de vista cultural e √© esse um dos prop√≥sitos do Festival MED. A aproxima√ß√£o de Loul√© a este pa√≠s do Norte de √Āfrica tem vindo a dar passos significativos nos √ļltimos anos, em especial desde que foi encetado o processo de musealiza√ß√£o dos Banhos Isl√Ęmicos de Loul√©.

‚ÄúA nossa identidade cultural e o nosso patrim√≥nio hist√≥rico tem muito a ver com o legado √°rabe que foi deixado no nosso territ√≥rio. Loul√© tem uma grande influ√™ncia √°rabe, √© aqui onde est√£o os √ļnicos Banhos isl√Ęmicos conhecidos com planta completa na Pen√≠nsula Ib√©rica. Al√©m disso, h√° um estreitar de la√ßos que temos vindo a fazer com Marrocos por isso fazia todo o sentindo este desafio‚Ķ“, explicou o vereador Carlos Carmo, diretor do Festival.

Desde a primeira edi√ß√£o do Festival MED, este pa√≠s tem sido presen√ßa ass√≠dua at√© pelas suas caracter√≠sticas mediterr√Ęnicas que o aproxima do ambiente que se quer apresentar ao p√ļblico deste evento. Nour Eddine, Oum, Aywa foram alguns dos artistas marroquinos que j√° atuaram no MED.

Mas as iniciativas enquadradas nesta nova ‚Äúrubrica‚ÄĚ come√ßam muito antes da realiza√ß√£o do festival, e j√° no dia 23 de mar√ßo, o Cineteatro Louletano acolhe um concerto ‚ÄúMED Flavour‚ÄĚ. Com elementos origin√°rios de Marrocos, a Orquestra Al-Garawiyin sobe ao palco para trazer a m√ļsica, no √Ęmbito da programa√ß√£o do Festival Al-Mutamid.

A Associa√ß√£o Al-Mutamid Ibn Abbad, atrav√©s do c√īnsul honor√°rio de Marrocos no Algarve, Jos√© Alegria, e do antigo reitor da Universidade do Algarve, Jo√£o Guerreiro, em colabora√ß√£o com a Embaixada de Marrocos no Algarve, s√£o os principais promotores desta iniciativa.

Em 2024, o MED conta 90 horas de m√ļsica, 54 concertos, 358 m√ļsicos, 30 nacionalidades, 12 palcos, 100 expositores de artesanato, 2 exposi√ß√Ķes de arte, 12 grupos de artistas de rua e 1 pa√≠s convidado, Marrocos.

Partilhe:

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

*

*

Comment moderation is enabled. Your comment may take some time to appear.

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como s√£o processados os dados dos coment√°rios.