Mercado da Segurança Privada com retoma ligeira em 2015

1045

O mercado da segurança privada volta a reanimar mas de forma ainda ligeira em 2015, depois da quebra de negócios que se verificava desde 2011, um período que não foi fácil para as empresas do setor, que viram a redução de serviços e contratos por parte do Estado e a quebra de negócios no privado, a atingirem significativamente os seus resultados.

Segundo o Jornal de Negócios desta quarta feira que reporta a um relatório da consultora D&B, as empresas do setor devem encerrar 2015, com um volume de negócios na ordem dos setecentos milhões de Euros, cerca de 1,4%, acima do registado em 2014.

A vigilância estática continua a ser o sub setor com maior valor e peso na faturação das empresas, seguida dos sistemas de segurança eletrónica e do transporte de valores.

Segundo o Relatório Anual de Segurança Privada (RASP2015), o setor é atualmente composto por 99 empresas detentoras de 162 Alvarás, autorizadas para o exercício da atividade, que globalmente dão trabalho, a cerca de trinta e cinco mil profissionais.

A PSP é a entidade que faz a gestão do setor, “por delegação da Secretaria-Geral do Ministério da Administração Interna, mas são as Forças de Segurança publica, a Guarda Nacional Republicana e Polícia de Segurança Pública, que fiscalizam o setor, sem prejuízo das competências na mesma matéria da Inspecção-Geral da Administração Interna”.

Partilhe:



Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*

Comment moderation is enabled. Your comment may take some time to appear.

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

O site 'ipressJournal' utiliza cookies para melhorar a experiência de navegação do visitante. LER MAIS

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close