Home » Economia » Financiamentos » MicroHarvest financia-se para entrar em Portugal
MicroHarvest financia-se para entrar em Portugal

MicroHarvest financia-se para entrar em Portugal

A startup alem√£ de biotecnologia MicroHarvest, anuncia hoje que fechou com sucesso uma ronda de financiamento S√©rie A no montante de 8,5 milh√Ķes de euros liderada pela Astanor Ventures e pela Happiness Capital, que contou com a participa√ß√£o da sociedade de capital de risco portuguesa Faber e do investidor atual FoodLabs.

O financiamento vai permitir à startup sediada em Hamburgo crescer a sua equipa de R&D (Investigação e Desenvolvimento), construir uma fábrica piloto em Lisboa e acelerar a produção para uma escala comercial. Depois de um ensaio piloto bem-sucedido feito este ano, irão ser feitos novos ensaios de produção em maior escala e realizados mais testes de aplicação do produto, com o objetivo de entrar no mercado em 2023.

Com o foco no crescimento da sua nova filial em Portugal, a startup tem como objetivo aproveitar a quantidade elevada de talento existente em Portugal na área da biotecnologia, seja de jovens licenciados das Universidades, bem como de profissionais experientes que regressam a Portugal após vários anos de trabalho no estrangeiro, como é o caso da Co-Fundadora e CTO da MicroHarvest, Luísa Cruz. Sendo Lisboa também um hub crescente de startups das áreas de biotecnologia e inovação alimentar a equipa considera que o momento é perfeito para o crescimento da startup em Portugal.

A MicroHarvest √© uma startup de biotecnologia com a miss√£o de fornecer prote√≠nas melhores, mais saud√°veis e mais saborosas, produzidas de forma sustent√°vel utilizando o poder dos microrganismos. Com o seu novo sistema de produ√ß√£o de prote√≠na unicelular, a empresa responde √† necessidade premente de alternativas sustent√°veis para satisfazer a crescente procura global de prote√≠nas. Deste modo, a empresa responde diretamente √† crescente procura de ingredientes prot√©icos alternativos para a alimenta√ß√£o humana, um mercado avaliado em 14 mil milh√Ķes de d√≥lares.

A tecnologia da MicroHarvest permite a produ√ß√£o de prote√≠nas utilizando bact√©rias a uma velocidade e efici√™ncia que excedem largamente as abordagens existentes. Ser capaz de aumentar rapidamente a produ√ß√£o √© fundamental para se tornar num agente relevante no mercado de ingredientes B2B, permitindo a produ√ß√£o descentralizada de prote√≠nas sustent√°veis, nutritivas, de alta qualidade e seguran√ßa. As aplica√ß√Ķes poss√≠veis ao longo de toda a cadeia de valor das prote√≠nas s√£o numerosas – desde a alimenta√ß√£o animal at√© √† aplica√ß√£o direta na alimenta√ß√£o humana e na dos animais de estima√ß√£o.

‚ÄúNa MicroHarvest estamos empenhados em criar um mundo onde todos tenham acesso a alimentos nutritivos atrav√©s de um sistema justo e resiliente”, afirma Katelijne Bekers, Co-Fundadora e CEO da MicroHarvest. “Estamos entusiasmados com a parceria com estes fundos eminentes. Partilhamos uma forte vis√£o de melhorar os nossos sistemas alimentares, utilizando o poder da natureza. Juntos podemos produzir impacto √† escala global, trazendo o mais r√°pido sistema de produ√ß√£o de prote√≠nas para a comercializa√ß√£o”

Partilhe:

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

*

*

Comment moderation is enabled. Your comment may take some time to appear.

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como s√£o processados os dados dos coment√°rios.