Home | Cultura | Cinema | O Ídolo – O primeiro filme de Fernando Pessoa
O Ídolo – O primeiro filme de Fernando Pessoa

O Ídolo – O primeiro filme de Fernando Pessoa

O Ídolo nasce de um argumento inédito, escrito há quase cem anos, em que diversas personagens recebem a difícil missão de transportar um artefacto de valor incalculável a bordo de um navio que faz a travessia transatlântica entre Nova Iorque e Southampton.

Este jogo arriscado, que mais parece um estudo sobre a natureza humana, é o ponto de partida de uma aventura onde ninguém é quem aparenta ser. A aventura, contada no formato de curta-metragem, tem a duração de 20 minutos, naquele que é o primeiro filme produzido a partir de um argumento de Fernando Pessoa, a chegar aos ecrãs.

A produção do filme decorreu durante 6 dias, entre Viana do Castelo, a Serra de Sintra e Lisboa, sendo que toda a ação nos remete para o ano de 1928. A realização e a escrita do guião estiveram a cargo do realizador Pedro Varela e o filme foi totalmente rodado com o novo Samsung Galaxy S21 Ultra 5G. O elenco conta com atores nacionais reconhecidos pelo grande público como Tiago Felizardo, Ana Vilela da Costa, Soraia Tavares e Paula Magalhães. O restante elenco é assegurado por participações internacionais.

Fernando Pessoa nasceu a 13 de junho de 1888, foi poeta, filósofo, dramaturgo, publicitário, astrólogo, crítico literário, mas o que muita gente não sabe é que também foi argumentista.

Com base no argumento “Note for a thriller, or film”, escrito há quase cem anos, a Samsung desafiou o realizador Pedro Varela a dar vida a esta obra pessoana, através do sistema de câmaras do Galaxy S21 Ultra 5G. Assim nasceu O Ídolo, uma história onde intriga, mistério e suspense se cruzam com a disputa por um objeto precioso a bordo de um navio transatlântico. Curiosos?

Lançado em 2011, o livro “Fernando Pessoa – Argumentos para Filmes” mostrou-nos uma nova faceta da vida e obra de Fernando Pessoa, o seu interesse pelo Cinema e pela sua dimensão artística na perspetiva do autor. Um livro que nos dá a conhecer seis argumentos originais (em português, inglês e francês) que refletem, na sua maioria, temas que todos reconhecemos do mundo pessoano, como as múltiplas identidades do ser e a curiosidade pela natureza humana.

Para a produção do filme O Ídolo, foi recriada a Ecce Film, a produtora pensada por Fernando Pessoa com um logotipo desenhado pelo próprio, que seria responsável pela produção dos seus argumentos. O desejo de Fernando Pessoa de criar a Ecce Film foi agora cumprido. O Ídolo é escrito e realizado por Pedro Varela, com produção da Blanche Filmes.

O ÍDOLO, está agendada para o próximo dia 12 de maio a partir da página da campanha: https://www.samsung.com/pt/idolo/.

Partilhe:

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

*

*

Comment moderation is enabled. Your comment may take some time to appear.

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.