Home | Crónica da Semana | O Sarrabulho político cozinhado por António Costa
Sarrabulho político cozinhado por António Costa

O Sarrabulho político cozinhado por António Costa

A decisão de António Costa que aceitou integrar a lista da chamada “comissão de honra” de apoio à candidatura de Luis Filipe Vieira (LFV), à presidência do Benfica, assemelha-se em tudo ao um “promíscuo sarrabulho político”, sem ofensa para tão digno prato da cozinha tradicional portuguesa.

O candidato LFV, suspeito de estar envolvido em complicados processos de natureza ilegal, amplamente divulgados, negócios de compra e influência de decisões judiciais à troca de oferta de lugares, ou com o objetivo de fugir ao pagamento de valores astronómicos de IVA por negócios realizados, a que se somam dívidas de centenas de milhões que não vai pagar ao Novo Banco, ou negócios pouco claros com empresas estrangeiras, acusadas e condenadas por corromperem políticos e dirigentes, são toda uma longa lista que se prolonga por várias páginas, o que carateriza o tipo de idoneidade deste senhor, que agora é apoiado pelo atual primeiro ministro do governo de portugal, numa clara demonstração da promiscuidade que pauta a associação da politica com o futebol.

Para António Costa, a decisão de apoio ao famigerado LFV, sendo estranha não entranha, sobretudo quando afirma publicamente que a questão não lhe merece comentários, pelos vistos, para o primeiro ministro, este é um apoio consciente, que não representa qualquer qualquer indignidade, não significa falta de ética, não lhe merece reserva pelo cargo que ocupa, quando o lógico é que nem admitisse ver-se envolvido com este tipo de personagem, até porque a lei que ele próprio criou no seu anterior mandato, lhe impede este tipo de associação escabrosa.

António Costa sempre jogou sujo, todos lhe conhecemos e podemos recordar o seu percurso político, a natureza “populista”, propangandística, panfletária, de anúncios que ainda hoje aguardam concretização, de promessas incumpridas e de muito show off, sem obra que se veja.

Do que conhecemos de António Costa, este apoio à candidatura de LFV, tem garantidamente algo por trás, ou paga favor em dívida, ou troca por favor a cobrar, porque neste jogo promíscuo, no qual os dois são especialistas, a parada só pode ser alta, por isso vamos ficar a aguardar, pela retroca, que venha a condimentar esta sarrabulhada, num futuro que talvez não seja tão longínquo.

Carlos Santomor

Partilhe:

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

*

*

Comment moderation is enabled. Your comment may take some time to appear.

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.