Home » Cultura » Poesia » Ode √† Paz de Nat√°lia Correia
Ode à Paz de Natália Correia

Ode à Paz de Natália Correia

O dia 1 de Janeiro √© Dia Mundial da Paz, uma oportunidade para refletir e voltar ao “ODE √Ä PAZ”, poema da inesquec√≠vel Nat√°lia Correia.

Ode à Paz

Pela verdade, pelo riso, pela luz, pela beleza,
Pelas aves que voam no olhar de uma criança,
Pela limpeza do vento, pelos factos de pureza,
Pela alegria, pelo vinho, pela m√ļsica, pela dan√ßa,
Pela branda melodia do rumor dos regatos,
Pelo fulgor do estio, pelo azul do claro dia,
Pelas flores que esmaltam os campos, pelo sossego, dos pastos,
Pela exatid√£o das rosas, pela Sabedoria,
Pelas pérolas que gotejam dos olhos dos amantes,
Pelos prodígios que são verdadeiros nos sonhos,
Pelo amor, pela liberdade, pelas coisas radiantes,
Pelos aromas maduros de suaves outonos,
Pela futura manh√£ dos grandes transparentes,
Pelas entranhas maternas e fecundas da terra,
Pelas l√°grimas das m√£es a quem nuvens sangrentas
Arrebatam os filhos para a torpeza da guerra,
Eu te conjuro ó paz, eu te invoco ó benigna,
√ď Santa, √≥ talism√£ contra a ind√ļstria feroz,
Com tuas m√£os que abatem as bandeiras da ira,
Com o teu esconjuro da bomba e do algoz,
Abre as portas da História, deixa passar a Vida!

Nat√°lia Correia

Partilhe:

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

*

*

Comment moderation is enabled. Your comment may take some time to appear.

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como s√£o processados os dados dos coment√°rios.