Home » S√≠tios & Viagens » F√©rias » Parceria Airbnb e Aldeias Hist√≥ricas de Portugal
Parceria Airbnb e Aldeias Históricas de Portugal

Parceria Airbnb e Aldeias Históricas de Portugal

A Airbnb e as Aldeias Históricas de Portugal estabeleceram uma parceria para apoiar o turismo sustentável no interior do país. Este acordo faz parte dos esforços da Airbnb para incentivar tendências de viagem mais sustentáveis no interior de Portugal e tem como objetivo dispersar os benefícios das viagens e do turismo para lá das grandes cidades.

A Aldeias Históricas de Portugal entidade sem fins lucrativos, reune na rede, as Aldeias Históricas, de Almeida, Belmonte, Castelo Mendo, Castelo Novo, Castelo Rodrigo, Idanha-a-Velha, Linhares da Beira, Marialva, Monsanto, Piódão, Sortelha e Trancoso.

Este destino é uma excelente alternativa aos locais mais turísticos e representa uma opção atrativa para os viajantes que procuram uma forma de viajar mais sustentável e centrada no Património. A parceria tem como objetivo contribuir para a distribuição de fluxos turísticos para estes municípios e arredores; apoiar o equilíbrio territorial, diversificando a oferta e a procura de serviços turísticos para destinos menos procurados; promover a economia local contribuindo para a produção e consumo sustentável, potenciando fontes de receitas juntos de setores de atividade que o turismo de forma direta e indireta impacta positivamente; contribuir para a diminuição da sazonalidade e para a valorização dos recursos endógenos, fomentando, inclusive a duração da estadia média.

Como parte desta colabora√ß√£o, a Aldeias Hist√≥ricas de Portugal e a Airbnb est√£o a trabalhar em conjunto para criar uma p√°gina dedicada √† promo√ß√£o da Rede das Aldeias Hist√≥ricas, com informa√ß√Ķes √ļteis sobre o que fazer, locais a visitar, empresas locais e anfitri√Ķes na Airbnb excecionais que est√£o a elevar a hospitalidade no interior de Portugal. Al√©m disso, a Airbnb ir√° organizar webinars para os membros da Aldeias Hist√≥ricas de Portugal com informa√ß√Ķes sobre como se tornarem empres√°rios do setor da hospitalidade atrav√©s do alojamento na Airbnb.

Esta parceria para a Aldeias Hist√≥ricas de Portugal apresenta-se de grande import√Ęncia pelo seu contributo para a materializa√ß√£o da estrat√©gia definida para a Rede, nomeadamente pelo facto de se constituir como um impulso √† transi√ß√£o digital que tem sido um dos vetores estrat√©gicos da pol√≠tica nacional e europeia, e, naturalmente, da pr√≥pria Rede.

‚ÄúA Airbnb √© uma montra de excel√™ncia mundial onde o destino Aldeias Hist√≥ricas beneficiar√° com as suas din√Ęmicas, mas por outro lado revela-se tamb√©m, e mais uma vez, a atratividade da marca Aldeias Hist√≥ricas de Portugal na capitaliza√ß√£o de parcerias com entidades de renome que podem, e devem, fazer a diferen√ßa no tocante √† coes√£o territorial. Somos um destino j√° premiado por diferentes organismos de √Ęmbito nacional e internacional e, esta etapa que agora se inicia vem, sem d√ļvida, robustecer o desenvolvimento econ√≥mico e consequentemente o social da rede que representa 12 √≠cones da nossa Portugalidade‚ÄĚ, explicou Carlos Ascens√£o, Presidente da associa√ß√£o Aldeias Hist√≥ricas de Portugal.

Ser anfitri√£o na Airbnb ajuda as fam√≠lias a ganhar um rendimento extra. De acordo com um estudo interno da Airbnb, e contrariando o pressuposto de que a maioria dos alojamentos em Portugal pertencem sobretudo a grandes especuladores imobili√°rios e est√£o localizados nos grandes centros urbanos, 9 em cada 10 anfitri√Ķes em Portugal afirmam que o espa√ßo que listam √© propriedade deles ou da sua fam√≠lia em 2022. O alojamento foi e continua a ser fundamental para a recupera√ß√£o econ√≥mica e o crescimento do pa√≠s e est√° espalhado por todo o territ√≥rio, desde as grandes cidades at√© √†s aldeias mais pequenas: em 2022, quase 2/3 das estadias de curta dura√ß√£o reservadas na Airbnb em Portugal foram fora do Porto e de Lisboa, demonstrando, tamb√©m ser indutor de cria√ß√£o de abordagens que viabilizam a reabilita√ß√£o, sendo disso exemplo a Rede Aldeias Hist√≥ricas de Portugal.

Partilhe:

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

*

*

Comment moderation is enabled. Your comment may take some time to appear.

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como s√£o processados os dados dos coment√°rios.