Parques de Sintra disponibiliza atendimento por videochamada!

1028

A Parques de Sintra já disponibiliza um serviço de atendimento por videochamada, com intérprete, que permite aos cidadãos surdos contactarem a empresa, comunicando em Língua Gestual Portuguesa, para obter informações.

O contacto pode ser feito através do número 12472, que tem o custo de 1 cêntimo por minuto, ou através de registo no Portal do Cidadão Surdo, nos dias úteis, das 9h00 às 17h00.

Este serviço que nasce da parceria com a empresa Serviin, insere-se no projeto em curso na Parques de Sintra denominado “Parques de Sintra Acolhem Melhor”, que pretende melhorar as condições de acessibilidade aos Parques e Palácios sob gestão da empresa, constituindo-os como exemplo de boas práticas do turismo acessível e da igualdade de acesso ao Património natural e construído.

Este projeto, com um investimento global de cerca de 2 milhões de Euros ao longo de 2 anos, e cofinanciado pelo Turismo de Portugal em 25%, teve como ponto de partida uma aprofundada investigação sobre as melhores práticas. Conta com a consultoria de várias associações nacionais do setor, nomeadamente a APS (Associação Portuguesa de Surdos), a ACAPO (Associação dos Cegos e Amblíopes de Portugal), e a Associação Salvador.

O projeto “Parques de Sintra Acolhem Melhor” pretende melhorar o acesso de uma maior diversidade de visitantes, nomeadamente no que respeita a:

– condições de mobilidade – acesso físico: nomeadamente novos equipamentos e adaptações físicas dos espaços;

– qualidade dos serviços prestados;

– alterações nas plataformas e métodos de comunicação.

Foram também criadas tabelas de preços com valores reduzidos para pessoas com deficiência, que têm em conta a área visitável disponível em cada parque ou monumento.

Além das parcerias estabelecidas com Associações nacionais (ACAPO, APS e Associação Salvador), a Parques de Sintra tornou-se também membro da European Network for Accessible Tourism (ENAT). A principal missão desta instituição é tornar destinos turísticos europeus, e respetivos serviços, acessíveis a todos os visitantes, disponibilizando ajudas técnicas e partilha de conhecimentos, assumindo um compromisso na igualdade de oportunidade no acesso ao turismo e à cultura.

Partilhe:



Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*

Comment moderation is enabled. Your comment may take some time to appear.

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

O site 'ipressJournal' utiliza cookies para melhorar a experiência de navegação do visitante. LER MAIS

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close