Home » Municipios » Ponta Delgada renovou o protocolo com a Orquestra Ligeira
Ponta Delgada renovou o protocolo com a Orquestra Ligeira

Ponta Delgada renovou o protocolo com a Orquestra Ligeira

A C√Ęmara Municipal de Ponta Delgada e a Orquestra Ligeira formalizaram o Protocolo de Coopera√ß√£o e Dinamiza√ß√£o Cultural, relativo ao ano de 2019.

A renovação deste protocolo, vai permitir dar continuidade ao trabalho de divulgação e sensibilização musical, na cidade e nas diferentes freguesias do concelho que a Orquestra Ligeira de Ponta Delgada tem vindo a desenvolver e que coaduna com a missão do Município de promover a cultura, a educação e os tempos livres, concorrendo para a realização do indivíduo e para a dignificação da comunidade municipal.

O protocolo est√° or√ßado em 19 mil euros e obriga a Orquestra Ligeira de Ponta Delgada, dirigida pelo maestro Marco Torre, a apresentar onze concertos em iniciativas da autarquia, em n√ļmero de dez atua√ß√Ķes pagas e uma gratuita. Para al√©m do apoio financeiro, a autarquia prestar√° apoio log√≠stico para os concertos, assume o encargo de aquisi√ß√£o dos instrumentos e do fardamento e disponibiliza a sala de ensaios.

A C√Ęmara Municipal de Ponta Delgada, presidida por Jos√© Manuel Bolieiro, tem apostado na descentraliza√ß√£o cultural.

Assim, ao longo deste ano, e na sequência do protocolo assinado hoje, a Orquestra Ligeira de Ponta Delgada vai atuar em várias freguesias do concelho: Feteiras (7 de julho), Remédios (2 de agosto), Lugar da Várzea dos Ginetes (3 de agosto), Relva (5 de agosto), Fajã de Baixo (12 de agosto), Livramento (2 de setembro), Arrifes (3 de setembro) e Pilar (4 de setembro).

Est√£o tamb√©m previstos concertos no √Ęmbito das Noites de Ver√£o, no Centro Hist√≥rico da cidade (setembro), e da programa√ß√£o de Natal (dezembro).

Composta por vinte elementos, a Orquestra Ligeira de Ponta Delgada destaca-se pela qualidade, pela constante inova√ß√£o e por apresentar um repert√≥rio vasto, que vai desde a m√ļsica moderna e portuguesa ao swing.

Partilhe:

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

*

*

Comment moderation is enabled. Your comment may take some time to appear.

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como s√£o processados os dados dos coment√°rios.