Prémio de Literatura Gastronómica 2019

Prémio de Literatura Gastronómica 2019

145

O livro “Comer como uma Rainha – O receituário real do século XVI ao século XX”, de Guida Cândido, investigadora da Universidade de Coimbra (UC), foi distinguido com o prémio de Literatura Gastronómica 2019, atribuído pela Academia Internacional de Gastronomia.

O prémio vai ser entregue hoje, 27 de novembro, pelas 19h, no Grémio Literário, em Lisboa, pelo presidente da Academia Internacional de Gastronomia, em cerimónia presidida pelo Primeiro-Ministro, e contará com a presença da Ministra da Saúde, da Diretora-Geral de Saúde e dos Embaixadores de Portugal e Espanha, entre outras individualidades.

Editado pela D. Quixote | Leya, o livro resulta de um longo trabalho de investigação realizado na área da história da gastronomia. A investigadora Guida Cândido conta que consultou fontes antigas onde estudou «os hábitos alimentares dos últimos 5 séculos em Portugal, fazendo uma contextualização histórica de alguns pratos icónicos que se destacaram no receituário português ao longo de diferentes épocas e reinados (o livro analisa 5 períodos relativos a 5 rainhas distintas)», e preparou também 50 receitas adaptadas aos nossos tempos, que fotografou e compõem o livro.

A Academia Internacional de Gastronomia, juntamente com a Academia Portuguesa de Gastronomia e com as suas congéneres de outras nacionalidades, desta vez elegeu o livro Comer como uma rainha na categoria de Literatura Gastronómica, sendo que outras categorias são igualmente premiadas. No ano passado, José Avillez venceu na categoria de Chef.

Guida Cândido formou-se em História de Arte pela Faculdade de Letras da Universidade de Coimbra (FLUC), onde também concluiu o Mestrado em Alimentação: Fontes, Cultura e Sociedade com média final de 18.4 valores, o que lhe valeu a atribuição de uma Bolsa de Mérito do Ensino Superior. É investigadora colaboradora do Centro de Estudos Clássicos e Humanísticos (CECH) da FLUC e do grupo luso-brasileiro DIAITA. Atualmente é aluna bolseira da Fundação para a Ciência e a Tecnologia (FCT) no programa de doutoramento em Patrimónios Alimentares: Culturas e Identidades da FLUC.

Esta distinção vem juntar-se aos anteriores prémios atribuídos ao seu livro «Cinco Séculos à Mesa – 50 receitas com História», igualmente publicado pela D. Quixote | Leya, distinguido com o Best Gourmand Awards e Livro do Ano Cookbook Fair 2017.

Partilhe:



Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*

Comment moderation is enabled. Your comment may take some time to appear.

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

O site 'ipressJournal' utiliza cookies para melhorar a experiência de navegação do visitante. LER MAIS

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close