Home | Desporto | Surf & BodyBoard | SURF: FPS confirma Frederico Morais em Tóquio
SURF: FPS confirma Frederico Morais em Tóquio

SURF: FPS confirma Frederico Morais em Tóquio

A Federação Portuguesa de Surf (FPS), confirma oficialmente Frederico Morais como o primeiro qualificado para representar Portugal nos Jogos Olímpicos de Tóquio.

Frederico Morais e Miguel Blanco não tiveram a sorte das ondas no Mundial ISA de El Salvador (ISA World Surfing Games 2021), que teve lugar até domingo em La Bocana e El Sunzal.

Os dois atletas portugueses foram eliminados na ronda 5 das repescagens. Antes disso, em mais um dia maratona, com todos os membros da equipa envolvidos, Kikas e Blanco haviam surfado e passado a ronda 4, com Morais a vencer mesmo o seu heat de forma confortável e Miguel a passar em segundo.

Também pouco feliz esteve Vasco Ribeiro que acabou por ser relegado para as repescagens depois de não ter ido além do terceiro lugar num heat da ronda 4 frente ao veterano basco Aritz Aranburu e ao indonésio Ketut Putra e em que o português esteve desencontrado das melhores ondas.

Vasco tem, todavia, mais uma “vida” para jogar nas repescagens e continua com boas possibilidades de arrecadar uma das 5 vagas olímpicas disponíveis na competição masculina.

O presidente da Direção da FPS declara: “Trouxemos uma equipa muito forte aos World Surfing Games, a última hipótese de qualificação olímpica, e, face aos resultados, confirmamos que Frederico Morais irá representar Portugal nos Olímpicos de Tóquio. Agora esperamos também que mais surfistas desta Seleção se qualifiquem, e temos todas as razões para acreditar que tal vai acontecer nos próximos dias. Quanto ao Kikas, temos a máxima confiança que representará o surf português ao mais alto nível, como nos tem habituado.”

Entretanto, no lado feminino da competição, Portugal continua na máxima força, com Teresa Bonvalot e Yolanda Sequeira a vencerem as suas baterias da ronda 4 de qualificação e Carolina Mendes a triunfar na ronda 4 de repescagem, suscitando grandes expectativas para as cores nacionais quanto à possibilidade de atacar as sete vagas olímpicas disponíveis para as senhoras.

O Selecionador David Raimundo fez assim o habitual balanço da jornada: “Foi um dia agridoce para a nossa equipa. Tivemos as meninas a surfar muito bem, com a Teresa e a Yolanda a passar para as meias-finais da qualificação e a Carolina a sobreviver muito bem nas repescagens. Infelizmente, os últimos três heats do dia não nos sorriram e vimos o Kikas e o Miguel a serem eliminados e o Vasco a ser empurrado para as repescagens. Mas continuamos na luta. Vamos ter o Kikas em Tóquio e acreditamos que vamos ter mais atletas portugueses nesta estreia olímpica do surf.”

Partilhe:

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

*

*

Comment moderation is enabled. Your comment may take some time to appear.

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.