Home » OPINI√ÉO... » Artigo de Opini√£o » Usar o Cora√ß√£o por um mundo mais saud√°vel
Usar o Coração por um mundo mais saudável

Usar o Coração por um mundo mais saudável

No dia 29 de setembro celebra-se mais um Dia Mundial do Cora√ß√£o. Este ano, a World Heart Federation prop√Ķe um mote assente em 3 pilares: ‚ÄúUsa o Cora√ß√£o pela Humanidade‚ÄĚ, ‚ÄúUsa o cora√ß√£o pela Natureza‚ÄĚ e ‚ÄúUsa o cora√ß√£o por ti‚ÄĚ.

S√£o 3 des√≠gnios com um espectro e alcance de a√ß√£o muito diferentes, mas com o prop√≥sito comum de tornar melhor o mundo em que vivemos, √† escala global e individual, promovendo tamb√©m a sa√ļde cardiovascular.

‚ÄúUsa o cora√ß√£o pela Humanidade‚ÄĚ, alerta para o importante problema da equidade no acesso √† sa√ļde, mais premente nos pa√≠ses de m√©dio-baixo rendimento (onde ocorrem 75% das mortes cardiovasculares) mas presente em todo o mundo, incluindo no nosso pa√≠s. Tamb√©m em Portugal o acesso aos cuidados de sa√ļde tem assimetrias, como temos vindo a ser relembrados diariamente. O combate a essa desigualdade tem muitas frentes, mas podemos tentar fazer a nossa parte, como profissionais de sa√ļde ou como cidad√£os, promovendo uma organiza√ß√£o mais colaborativa e aberta √† comunidade das estruturas de trabalho onde estamos inseridos, ou participando em a√ß√Ķes de divulga√ß√£o e literacia em sa√ļde e de voluntariado social.

‚ÄúUsa o Cora√ß√£o pela Natureza‚ÄĚ convoca-nos para a prote√ß√£o do nosso planeta, fragilizado pela agress√£o constante a que o temos sujeitado e que se repercute em n√≥s, os agressores, de variadas formas. A polui√ß√£o a√©rea (respons√°vel por 25% das mortes cardiovasculares e por v√°rias doen√ßas respirat√≥rias, do enfisema ao cancro do pulm√£o) e as ondas de calor e frio extremos (causa de mortalidade e descompensa√ß√£o de muitas doen√ßas cr√≥nicas) s√£o duas consequ√™ncias ineg√°veis do impacto da a√ß√£o humana no seu ecossistema. Todos podemos contribuir para minimizar essa a√ß√£o com pequenos gestos di√°rios: preferir andar a p√© ou de bicicleta em vez de usar ve√≠culos motorizados, optar por combust√≠veis mais ecol√≥gicos, reciclar e reduzir o desperd√≠cio e poupar √°gua, por exemplo.

‚ÄúUsa o Cora√ß√£o por ti‚ÄĚ √© uma chamada de aten√ß√£o para o impacto que o stress psicol√≥gico (que pode duplicar o risco de enfarte do mioc√°rdio) e os maus h√°bitos de vida a ele associados podem ter na sa√ļde cardiovascular. Temos vivido tempos particularmente desafiantes desse ponto de vista e, por isso, torna-se ainda mais relevante promover h√°bitos de vida saud√°vel em n√≥s e nos que nos rodeiam. Aprender a lidar com o stress de uma forma positiva, fazer exerc√≠cio f√≠sico regular, adotar uma dieta e h√°bitos de sono saud√°veis e renunciar ao consumo de √°lcool e tabaco podem fazer muito pelo nosso cora√ß√£o e pela nossa sa√ļde em geral.

Neste Dia do Cora√ß√£o, saibamos ouvi-lo com aten√ß√£o para repensar o nosso estilo de vida e us√°-lo para fazer escolhas mais sustent√°veis, contribuindo para uma Natureza e Humanidade mais saud√°veis e um mundo necessariamente melhor, para n√≥s e para as pr√≥ximas gera√ß√Ķes.

Joana Pimenta
Coordenadora do N√ļcleo de Estudos de Insufici√™ncia Card√≠aca da SPMI

Partilhe:

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

*

*

Comment moderation is enabled. Your comment may take some time to appear.

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como s√£o processados os dados dos coment√°rios.