Home » M√ļsica & Eventos » Whispering Wind de Sandy Kilpatrick homenageia Sagres
Whispering Wind de Sandy Kilpatrick homenageia Sagres
Whispering Wind de Sandy Kilpatrick homenageia Sagres

Whispering Wind de Sandy Kilpatrick homenageia Sagres

O escocês Sandy Kilpatrick, cantor e compositor a viver em Portugal há quinze anos, que dedica o single Whispering Wind a Sagres no Algarve, prepara-se para lançar o álbum dedicado a Portugal.

Whispering Wind que é hoje lançado em todas as plataformas de distribuição digital, é o primeiro tema que, apesar de ser cantado em inglês, reflete a Portugalidade que está presente no trabalho do artista.

Segundo Sandy Kilpatrick, este √© um tema que nasceu em Sagres, uma “primeira can√ß√£o lan√ßada do √°lbum Confessions from The South que nasceu nas selvagens paisagens desta vila (…) a ponta mais ocidental do continente europeu com os seus ventos fortes e que foi o palco para o in√≠cio dos descobrimentos portugueses vai revelando a sua beleza e dureza de vida, e √© esta dicotomia que serve como ponto de partida para este meu novo √°lbum, Confessions from The South”.

“Confessions from The South” √© o primeiro de um conjunto de quatro √°lbuns homenagem a diferentes pa√≠ses que, de alguma forma, marcaram a vida de Sandy Kilpatrick. O primeiro projeto a ser sobre Portugal, os restantes passam em pa√≠ses como a Irlanda, Esc√≥cia e Noruega.

Sandy Kilpatrick vive em Portugal mas considera-se cidadão do mundo. Casado com uma portuguesa, Sandy vê Portugal como a sua segunda casa, onde os seus dois filhos nasceram e foram criados e onde ele vive há 15 anos. Este novo álbum representa esse longo caminho, que fortalece a sua ligacão ao pais que o acolheu.

2017 será o ano de lançamento de Confessions from The South, um álbum homenagem, inspirado pelas supreendentes paisagens de 10 locais diferentes em Portugal: de Sagres ao Gerês.

Este seu novo trabalho do artista, vai contra a nova corrente mundial em tempos mais turbulentos e violentos. √Č um trabalho que, artisticamente, tenta quebrar com muros de separa√ß√£o e construir pontos de unidade e esperan√ßa, conectando pessoas atrav√©s do amor √† natureza e humaninsmo.

Partilhe:

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

*

*

Comment moderation is enabled. Your comment may take some time to appear.

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como s√£o processados os dados dos coment√°rios.