A FPC promove a campanha "Cuide da sua máquina"

A FPC promove a campanha “Cuide da sua máquina”

258

A Fundação Portuguesa de Cardiologia esta a promover a campanha ‘Cuide da sua máquina’, uma iniciativa que visa promover o reconhecimento e conhecimento público dos sintomas da insuficiência cardíaca e ajudar todos aqueles que vivem com esta condição, a viver mais e melhor.

Dia Mundial do Coração assinala-se a 29 de setembro

A insuficiência cardíaca é uma doença debilitante e potencialmente fatal, em que o coração não consegue bombear o sangue suficiente para todo o corpo. Cinco anos é a esperança de vida, para 50% dos doentes com insuficiência cardíaca após o seu diagnóstico.

Esta doença, que afeta cerca de 400 mil portugueses, ocorre muitas vezes devido a lesão do músculo cardíaco, o que pode acontecer após um ataque cardíaco ou outra doença que afete o coração, ou devido a uma lesão continuada e mais gradual, como acontece na diabetes, hipertensão, doença arterial coronária, colesterol elevado, consumo excessivo de álcool ou abuso de drogas.

Os sintomas como cansaço, dificuldade em respirar (dispneia), fadiga e retenção de líquidos podem surgir de forma súbita ou lentamente e agravar-se ao longo do tempo, com um impacto significativo na qualidade de vida. Estima-se que 1 em cada 4 pessoas espera mais de uma semana para procurar ajuda médica, ou nem sequer a procura, quando tem sintomas de insuficiência cardíaca.

O risco de desenvolver insuficiência cardíaca aumenta com a idade e, em geral, tem tendência a ser mais frequente nos homens do que nas mulheres. Cerca de 1 em 5 pessoas (20%) irá desenvolver insuficiência cardíaca nalguma altura das suas vidas.

Artigo da autoria do Drº Nuno Lousada, cardiologista e administrador da Fundação Portuguesa de Cardiologia

Partilhe:



Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*


CAPTCHA Image

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

O site 'ipressJournal' utiliza cookies para melhorar a experiência de navegação do visitante. LER MAIS

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close