Home » Ambiente & Natureza » Arranca a recolha de Biorresíduos em Palmela
Arranca a recolha de Biorresíduos em Palmela

Arranca a recolha de Biorresíduos em Palmela

Palmela vai implementar o projeto-piloto de recolha coletiva de biorresíduos, alargando a recolha seletiva às zonas de prédios, adjacentes às áreas onde o Município já efetuou a recolha Porta-a-Porta em moradias.

Este projeto consiste na instalação de 22 contentores inteligentes em via pública. A colocação, que teve início a 18 de outubro, será realizada junto aos contentores de recolha indiferenciada e/ou de recolha seletiva, com frequência de recolha trissemanal, nas seguintes localizações:

– 5 contentores em Aires – Freguesia de Palmela

– 7 contentores na Urbanização Portais da Arrábida – Freguesia de Quinta do Anjo

Р10 contentores nas Urbaniza̵̤es Vila Serena e Monte Novo РFreguesia de Pinhal Novo

A campanha de comunicação e de sensibilização ambiental arrancará esta semana, abrangendo 1.519 habitações e cerca de 3.000 pessoas. Para além da colocação de outdoors e mupis nas zonas de influência dos contentores, será feita a apresentação do projeto, a distribuição de um folheto explicativo, a entrega de um balde 10 litros, para transporte dos resíduos e de uma chave/cartão para abertura do contentor.

O projeto tem como principais objetivos reforçar a prevenção da produção de resíduos, a reciclagem e a valorização de biorresíduos, reduzir as quantidades de resíduos depositadas em aterro, promover a economia circular, contribuindo para o cumprimento das metas nacionais de reciclagem e da neutralidade carbónica e climática.

O RecolhaBio – Palmela resulta de uma candidatura aprovada pelo Fundo Ambiental – “RecolhaBio – Apoio à implementação de projetos de recolha seletiva de biorresíduos”, correspondendo a um investimento global de 159.925,56€.

Esta ação está alinhada com os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS) das Nações Unidas n.º11 (Tornar as cidades e comunidades inclusivas, seguras, resilientes e sustentáveis) n.º12 (Produção e consumo sustentáveis) e n.º13 (Adotar medidas urgentes para combater as alterações climáticas e os seus impactos).

Partilhe:

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

*

*

Comment moderation is enabled. Your comment may take some time to appear.

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.