Home | Sociedade | Escolas e universidade | Candidaturas ao Prémio FAQtos 2018
Candidaturas ao Prémio FAQtos 2018

Candidaturas ao Prémio FAQtos 2018

Estão abertas de 16 e 27 de Outubro, as candidaturas de jovens cientistas ao Prémio FAQtos 2018.

Os alunos do ensino secundário com projetos científicos para submeter à edição de 2018 do Prémio FAQtos, competição de âmbito nacional promovida pelo INOV-INESC com o Instituto Superior Técnico (IST), vão ter entre 16 e 27 de Outubro para formalizar candidaturas.

A 5ª edição consecutiva do Prémio FAQtos vai ter como tema “A Sociedade e as Radiofrequências”, abordando aplicações de sistemas de telecomunicações e contribuindo para o esclarecimento coletivo na temática dos campos eletromagnéticos oriundos de fontes de telecomunicações e seus potenciais efeitos na saúde e ambiente.

Entre os trabalhos de jovens cientistas vencedores de edições anteriores do concurso, contam-se um dispositivo detetor de incêndios florestais, um sistema microcontrolador que auxilia invisuais a identificar obstáculos, uma solução que mede a pulsação e a temperatura corporal de um paciente em espera na triagem de um centro hospitalar, e um estudo sobre a influência das radiofrequências no neuro-comportamento de larvas de moscas da fruta.

A desenvolver ao longo do ano letivo e com várias etapas eliminatórias para superar, os candidatos ao Prémio FAQtos terão no final a avaliação de um júri composto por representantes da Direção Geral de Educação, Direção Geral de Saúde, da Faculdade de Farmácia, do IST e do INOV-INESC. Os três melhores projetos têm garantidos prémios entre os 500 e os 1.500 euros, que incluem os professores orientadores e as escolas que representam.

Submissão de Candidaturas ao Prémio FAQtos 2018 em www.faqtos.pt. O FAQtos nas Redes Sociais em fb.com/faqtos e twitter.com/faqtos

O INOV-INESC Inovação é uma infraestrutura tecnológica nacional no domínio das Tecnologias de Informação, Eletrónica e Comunicações. Herda um importante capital decorrente das inúmeras experiências e sinergias subjacentes ao seu ambiente de incubação, o INESC, e disponibiliza uma organização orientada para a criação de competências tecnológicas, assim como para o estabelecimento de laços de cooperação com os diferentes atores económicos: Universidades, Indústrias, Empresas e Operadores de Telecomunicações.

Partilhe:

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

*

*

O site 'ipressJournal' utiliza cookies para melhorar a experiência de navegação do visitante. LER MAIS

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close