Home » Sítios & Viagens » Viagens » Aeroportos: Mais de 400 passageiros sem teste Covid 19
Aeroportos: Mais de 400 passageiros sem teste Covid 19

Aeroportos: Mais de 400 passageiros sem teste Covid 19

O SEF e a PSP, controlaram nos aeroportos de Lisboa, Porto e Faro, entre 31 de janeiro e 2 de fevereiro, mais de 6.500 passageiros, dos quais, mais de 400 não eram portadores do teste prévio ao SARS Cov2, no âmbito das medidas estabelecidas para a chegada de voos, em função da situação epidemiológica nos países de origem.

No mesmo período foram impedidas de viajar, 12 pessoas, por não reunirem os critérios exigidos pelas medidas restritivas, no âmbito do estado de emergência em vigor.

– Provenientes de países da União Europeia e do Espaço Schengen – 4.522 passageiros (148 voos), dos quais 363 não apresentavam comprovativo de realização de teste para despiste da infeção por SARS-CoV2;

– Provenientes de países terceiros – 2.180 passageiros (31 voos), dos quais 47 não apresentavam comprovativo de realização de teste para despiste da infeção por SARS CoV2.

Os passageiros que chegam a território nacional sem o referido teste têm de o realizar no interior do aeroporto, através de profissionais de saúde habilitados para o efeito, e têm de aguardar o resultado no próprio aeroporto.

No âmbito da medida de autoconfinamento dos cidadãos portugueses em território continental, a PSP verificou os motivos da viagem de cerca de 6 mil passageiros, nos três aeroportos, tendo sido impedidas de viajar 12 pessoas.

Recorde-se que apenas serão permitidas, até ao dia 14 de fevereiro, as deslocações estritamente essenciais como:

РDesempenho de atividades profissionais com dimenṣo internacional devidamente documentadas;
– Saída do território continental de cidadãos portugueses com residência noutros países;
– A título excecional, para efeitos de reunião familiar de cônjuges ou equiparados e familiares até ao 1º grau na linha reta;
– Transporte de carga ou correio;
– Para fins humanitários ou emergência médica;
– Transporte internacional de mercadorias, de trabalhadores transfronteiriços ou sazonais e veículos de emergência, socorro e urgência;
– Deslocações com destino às Regiões Autónomas dos Açores e da Madeira

Partilhe:

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

*

*

Comment moderation is enabled. Your comment may take some time to appear.

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.