Home | Sítios & Viagens | Os oito hotéis mais assustadores do Mundo para o Halloween
Os oito hotéis mais assustadores do Mundo para o Halloween

Os oito hotéis mais assustadores do Mundo para o Halloween

Com o Halloween à porta, porque não inovar um pouco e planear uma noite num dos hotéis mais assustadores que podem existir? Se gosta de sustos ao virar da esquina certamente não se irá arrepender

A duas semanas do Halloween, a momondo preparou-lhe uma lista dos hotéis mais assombrados do mundo, para noites de arrepiar. Se gosta da ideia de acrescentar alguma imprevisibilidade à sua viagem, prepare um roteiro por um destes oito destinos e reserve um quarto que o deixe absolutamente aterrado.

1. First World Hotel – Genting Highlands, Malásia

Além da selva tropical, um centro comercial, uma pista de bowling e ainda um parque de diversões, o First World Hotel, no topo das montanhas Titiwangsa, oferece uma quantidade impressionante de atividade paranormal.
Segundo relatos, os hóspedes daquele que é o quarto maior hotel do mundo passam várias noites sem dormir graças aos poltergeists que assombram os 6.118 quartos. Fantasmas de antigos jogadores dos casinos do resort continuam os seus jogos sem se importar com o descanso dos vivos.
Embora a maioria dos hotéis assombrados apenas tenha um quarto amaldiçoado ou proibido, o First World Hotel tem um andar inteiro: devido à extensão dos sustos, o elevador salta o 21º andar.

2. Hotel Burchianti – Florença, Itália

Nos anos 30 conquistou poetas, artistas e até o próprio Benito Mussolini, porém hoje em dia o Hotel Burchianti, cujos preços vão desde 120€/noite, é um dos mais aterrorizantes de Florença.
Há quem diga que vaguear pelos elegantes e labirínticos corredores do hotel é como planear um encontro com o além, com a possibilidade de se encontrar o fantasma de uma velha senhora a tricotar numa das cadeiras do lobby.
O tecto elaboradamente decorado do Quarto dos Frescos não consegue competir com as misteriosas aparições que se sentem no quarto; os viajantes mais corajosos dizem terem-se sentido observados durante toda a noite e relatam uma sensação de bafo gélido junto à cara.
Isto, no entanto, não impede o Burchianti de continuar a receber ótimas críticas!

3. Castelo de Dragsholm – Odsherred, Dinamarca

Enquanto durante o dia é um dos pontos mais magníficos da costa da Dinamarca, quando a noite cai o Castelo de Dragsholm torna-se num sítio misterioso repleto de sombras à espreita e fantasmas que aguardam companhia.
Conhecido como o castelo mais assombrado da Europa, supostamente alberga uma dezena de espíritos. Entre os mais conhecidos está a Dama de Branco, uma nobre que foi trancada no quarto para todo o sempre após o pai descobrir que estava apaixonada por um criado. Durante as obras de restauração, nos anos 30, os trabalhadores apanharam um susto ao encontrarem um esqueleto de vestido branco sepultado dentro de uma das paredes do castelo. Já está com medo?

4. Russell Hotel – Sydney, Austrália

Conheça o lado mais assustador de Sydney ao dormir no Russell Hotel, situado em The Rocks, o bairro mais antigo da cidade. Serviu, em tempos, como destino para marinheiros desordeiros e, mais tarde, como hospital improvisado durante a peste bubónica no início do século passado.

Ainda assim, este hotel tornou-se num hotel de charme, embora existam ainda vestígios do seu passado naval: um marinheiro que, no quarto 8, observa atentamente os hóspedes e se certifica de que passam uma noite confortável.

5. The Queen Anne Hotel – São Francisco, EUA

O bairro de Pacific Heights alberga este acolhedor “bed and breakfast” que era, inicialmente, uma escola para meninas. O fantasma que o assombra é, nada mais, nada menos, que a diretora da escola: após a venda do local, o espírito da Miss Mary Lake continuou no edifício, arranjando-se ao espelho e passando os dedos pelas teclas do antigo piano. A sua presença confere um toque de classe vitoriana ao The Queen Anne, um ambiente em que reina a mobília vintage e são oferecidas bolachinhas aos hóspedes.
Para uma experiência completamente fora do normal, reserve o quarto 410: os antigos aposentos da Miss Mary Lake. Arrisca?

6. Fairmont Le Château Frontenac – Quebec, Canadá

Mergulhado de uma história apaixonante, este alto e imponente castelo foi batizado com o nome do governador da Nova França, Louis de Buade de Frontenac, que supostamente morreu nesse mesmo local. Enquanto a verdadeira causa de morte é desconhecida, existe quem a atribua ao sofrimento causado pela distância da sua mulher, que ficou para trás em Paris. Trezentos anos passados, os hóspedes do Château Frontenac garantem ter visto o fantasma do governador a deambular pelos corredores enquanto procurava a sua amada.
Mas engane-se quem acha que apenas deambula um espírito nesta instituição antiga do Quebec: a Mulher de Branco (não confundir com a Dama de Branco) ganhou a sua reputação por se enfiar na cama com os hóspedes.

7. Stanley Hotel – Colorado, EUA

Conhece os romances de terror de Stephen King? Então saiba que este remoto hotel no Colorado o conseguiu assustar e serviu de inspiração para o seu popular romance The Shining. O Stanley Hotel aceitou a sua reputação e, por isso, convida os hóspedes a caçar fantasmas e a passear pelos terrenos do hotel durante as noites frias. Se preferir um passeio a solo, cuidado com as “raparigas” que de um lado para o outro correm pelo quarto andar. Se não gostar do ambiente, desça ao salão para o ruidoso baile que lá decorre… se encontrar uma festa exclusiva de fantasmas, junte-se a ela!

8. Hotel del Salto em Tequendama – Bogotá, Colômbia

Empoleirado num penhasco, o Hotel del Salto abriu portas em 1928 com o intuito de receber os turistas que, maravilhados, chegavam das suas visitas à cascata de Tequendama. Mas muitos azares se seguiram: a contaminação das águas do rio e a queda de quase 160 metros de altura tornaram-no num ponto de preferência para as pessoas à procura de uma passagem rápida para o outro lado… e os seus espíritos nunca mais saíram daqueles corredores.
Após 20 anos parada, a mansão foi reabilitada em 2012 como um museu à imagem dos tempos áureos e, embora já não seja possível passar lá a noite, pode sempre apreciar a vista sob o Rio Bogotá, as exposições culturais e, com sorte, avistar uns espectros seriamente horripilantes.

Arrisque-se num destes hotéis assombrados e viva a história de terror que sempre sonhou… com um final feliz, claro.

Partilhe:

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

*

*

O site 'ipressJournal' utiliza cookies para melhorar a experiência de navegação do visitante. LER MAIS

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close