Home | Agenda | Espetáculos | Teatro | O DESPREZO (auéééu) no pequeno auditório do CCB
O DESPREZO (auéééu) no pequeno auditório do CCB

O DESPREZO (auéééu) no pequeno auditório do CCB

O pequeno auditório do CCB recebe de 8 a 11 outubro, “O DESPREZO”, uma criação e produção auéééu, com Beatriz Brás, Frederico Barata, Filipe Velez, Joana Manaças, João Silva, Miguel Cunha e Sérgio Coragem.

O sentimento de desprezo pressupõe uma relação do olhar do outro sobre o ser desprezado – um olhar que o torna invisível, que renega ao primeiro gesto de humanidade pois não o reconhece como seu semelhante, que o reduz a uma insignificância e lhe retira existência – ou melhor, que lhe confere uma existência indiferente. Os auéééu, inspirados pelos filmes Le Mépris e Weekend de Jean-Luc Godard, propõem-se pensar este sentimento, esta ausência de consideração pelas relações que cultivamos nas nossas vidas, o exercício de poder dominante, a manutenção dos seres desprezados. O que nos diz este desprezo? O que nos diz acerca de quem despreza e de quem é desprezado? Que pensamento estruturante é revelado a partir dessa observação?

A companhia auéééu foi fundada em 2014 e é constituída por oito atores que se juntaram aquando da sua licenciatura em Teatro, na Escola Superior de Teatro e Cinema.

Teatro

8 e 11 outubro | 21h00
9 outubro | 19h00
10 outubro | 16h00
M/18 anos
Duração aproximada: 80 minutos
Pequeno Auditório

Ficha artística
Criação e produção auéééu
Com Beatriz Brás, Frederico Barata, Filipe Velez, Joana Manaças, João Silva, Miguel Cunha e Sérgio Coragem
Apoio à criação Statt Miller e Francisco Salgueira (estagiário)
Desenho de luz Manuel Abrantes
Cenografia Joana Sousa
Figurinos Statt Miller
Apoio à pesquisa David Antunes e Francisco Luís Parreira (Inúteis Conversas)

Apoios DGArtes, República Portuguesa – Ministério da Cultura, Garantir Cultura, SPA/AGECOP

Coprodução Centro Cultural de Belém
Residência de coprodução O Espaço do Tempo e Centro Cultural Vila-Flôr
Residência de produção ProDança

Partilhe:

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

*

*

Comment moderation is enabled. Your comment may take some time to appear.

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.