A TAP mantém na Terceira a sede da delegação nos Açores

256

Perante a liberalização das ligações aéreas para S. Miguel e Terceira e a renovação, com algumas alterações, das Obrigações de Serviço Público (OSP) para a Horta e Pico, a TAP manteve a operação diária para a Terceira, reforçou as ligações para S. Miguel, melhorando o seu produto com a oferta de voos diários e renovou a relação comercial com a SATA, tendo as duas companhias acordado, durante o mês de março, disponibilizar ao mercado todos os voos de ambas entre o Continente e os Açores em regime de code-share.

Com este acordo entre as duas companhias nacionais garante-se, por um lado, o cumprimentos das OSP para a Horta e Pico , através da operação da SATA, e reforça-se, por outro, a capacidade de captação de fluxos turísticos para estas ilhas através do desenvolvimento de esforços por parte da TAP para conjugar os horários da sua rede internacional com a operação da companhia açoriana. Com efeito, a TAP já concretizou parcialmente tais esforços para melhorar a articulação da sua rede internacional com os horários das ligações para S. Miguel, Terceira, Horta e Pico.

O aprofundamentos das relações comerciais entre companhias é, aliás, uma prática internacional para atender a necessidades do mercado, permitindo fazerem mais que poderiam fazer isoladamente.

Desta forma, a TAP reforça o seu compromisso de décadas com os Açores e os açorianos, garantindo que este se manterá no futuro das formas que a cada momento se revelarem mais adequadas às necessidades.

Neste quadro de reforço da promoção dos Açores, a TAP tem em curso e até 13 de abril uma campanha com oferta de preços especiais. De igual forma os açorianos têm também neste momento ao seu dispor a possibilidade de viajar para o continente a preços especiais. Com esta iniciativa a TAP quer também sinalizar que continuará globalmente a oferecer o melhor serviço nas ligações de e para os Açores, não receando a concorrência.

Com o reforço da operação da TAP em S. Miguel a companhia pretende abrir um balcão no aeroporto João Paulo II para onde passará o seu pessoal atualmente ao serviço na Horta, mantendo os postos de trabalho. Exceção feita a Maria de Lurdes Amaral que serviu a TAP ao longo de várias décadas e que, em breve, terminará a sua carreira profissional e a quem a TAP agradece todo o empenho e dedicação revelados ao longo do tempo.

A TAP esclarece ainda que manterá na Terceira a sede da sua delegação nos Açores.

Partilhe:



Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*


CAPTCHA Image

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

O site 'ipressJournal' utiliza cookies para melhorar a experiência de navegação do visitante. LER MAIS

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close