JLL antecipa perspetivas para o imobiliário em 2016

JLL antecipa perspetivas para o imobiliário em 2016

256

O relatório de research “Mercado Imobiliário em Portugal: Análise 2015 –Perspetivas 2016” da consultora JLL, prevê que em 2016 se verifique a continuidade do bom momento registado pelo mercado imobiliário português em 2015.

A consultora antecipa a evolução do mercado, onde traça um cenário positivo para o desempenho esperado este ano, sustentado num investimento imobiliário forte e em bons níveis de ocupação nos mercados de escritórios e de retalho, assim como no crescimento das vendas de casas.

A confirmar as perspetivas antecipadas neste relatório estão já os dados preliminares do 1º trimestre do ano apurados pela JLL para a atividade de investimento e na ocupação de escritórios.
No primeiro caso, o crescimento homólogo é de 225%, com o volume transacionado nos primeiros três meses de 2016 a ascender a 570 milhões de euros. No mercado de escritórios, a absorção cresceu 21% para 35.552 m², no 1º trimestre face ao mesmo período do ano passado. A área média arrendada neste período foi de 790 m², quase duplicando face aos 388 m² que em média se arrendava no 1º trimestre de 2015.

Para Pedro Lancastre, diretor geral da JLL Portugal, “tudo indica que 2016 será um ano de grande atividade e de contínua consolidação do setor. Portugal está na moda e não razões para deixar de o estar. Não é uma condição temporária. É uma oportunidade concretizada que temos que consolidar”. Na sua perspetiva, “aos olhos da comunidade internacional, o país exibe transparência e credibilidade, aliada a outros fatores intrínsecos como a segurança, o clima, a gastronomia, a beleza e a simpatia”. Para o diretor geral da JLL “se mantivermos a estabilidade governativa e fiscal, não há razões para duvidar que Portugal continue a dar continuidade ao fantástico caminho que já está a percorrer”.

Partilhe:



Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*


CAPTCHA Image

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

O site 'ipressJournal' utiliza cookies para melhorar a experiência de navegação do visitante. LER MAIS

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close