Reabre a Torre de menagem do Castelo de Beja

Reabre a Torre de menagem do Castelo de Beja

357

A Torre de menagem do Castelo de Beja, reabre na próxima terça-feira, dia 19 de julho, pelas 10h00. A cerimónia contará com a presença da Diretora Regional de Cultura do Alentejo, Dra. Ana Paula Amendoeira.

O Executivo Municipal informa que o Castelo de Beja voltar a estar em condições de ser visitado e desfrutado por todos os bejenses e visitantes da cidade, como verdadeiro “mirante do Alentejo” como lhe chamou Manuel da Fonseca.

A reabilitação da torre de menagem do Castelo de Beja, a mais alta da Europa, cujo custo ascende a cerca de 500 mil euros, representa um passo emblemático no conjunto de obras em curso neste monumento.

Recorde-se que no início deste mandato, a torre de menagem encontrava-se interdita a visitas por motivos de segurança. Por outro lado, o estado de degradação da cobertura da torre de menagem e das escadas de acesso não conferiam as necessárias condições de segurança aos visitantes, decidindo-se avançar de imediato com a intervenção que agora se conclui.

No dia 13 de Novembro de 2014, ruiu parte de um varandim da torre de menagem. Nesse mesmo dia, em reunião de emergência no local, o executivo, pela voz do seu Presidente, assegurou que tudo faria, “para no mais breve curto espaço de tempo, reparar os danos e devolver ao país e à cidade a integridade do monumental Castelo de Beja”.

Definidas as metodologias de intervenção, contando para isso com o apoio técnico dos serviços da autarquia e da Direção Regional de Cultura do Alentejo, o Município avançou para a recuperação do monumento e vem agora convidar todos para a reabertura deste grandioso monumento, desafiando os convidados a subir os seus 183 degraus desta imponente torre com 40 metros de altura.

Partilhe:



Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*


CAPTCHA Image

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

O site 'ipressJournal' utiliza cookies para melhorar a experiência de navegação do visitante. LER MAIS

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close