Home | Saúde | Medicação dos doentes respiratórios crónicos no verão
Medicação dos doentes respiratórios crónicos no verão
Medicação dos doentes respiratórios crónicos no verão

Medicação dos doentes respiratórios crónicos no verão

Os profissionais de saúde têm vindo a alertar as pessoas com doença respiratória crónica para a importância da adesão à terapêutica e esta mensagem assume agora uma importância ainda maior, tendo em conta o contexto pandémico que atualmente vivemos.

Os doentes respiratórios crónicos, só por si, já fazem parte do grupo de risco para a Covid-19, uma situação que pode provocar consequências ainda graves nos doentes que não têm a doença controlada. A proteção do pulmão é feita 365 dias por ano e não apenas em determinados momentos. É importante que os doentes respiratórios crónicos recebam esta mensagem.

Porem os dados mostram que os medicamentos para diversas patologias respiratórias crónicas não são utilizados acordo com o indicado na prescrição médica, uma situação que corrobora o facto de haver uma fraca adesão à terapêutica e que se agrava durante o período coincidente com as férias. Habitualmente, as taxas de adesão à terapêutica são mais baixas no verão, aumentam no outono e permanecem altas durante os meses de inverno e até à primavera1. Temos estudos internacionais que revelam que a taxa de adesão à terapêutica no caso dos doentes asmáticos e no caso dos doentes com doença pulmonar obstrutiva crónica varia entre os 22% e os 78%2. Estes números mostram uma imensa e preocupante oscilação na taxa de adesão à terapêutica. É urgente mudar este panorama tendo em vista a defesa de uma melhor qualidade de vida de todos os doentes respiratórios crónicos.

Sabemos que a época das férias é um momento de descontração e repouso, mas não de abandono da terapêutica.

As sociedades científicas e as associações de doentes que trabalham na área das doenças respiratórias têm alertado para esta problemática todos os anos. Em 2020, e face à pandemia de Covid-19 as consequências que daí podem advir para estes doentes, juntámo-nos (Associação Portuguesa de Asmáticos, Respira – Associação Portuguesa de Pessoas com DPOC e Outras Doenças Respiratórias Crónicas, Sociedade Portuguesa de Alergologia e Imunologia Clínica e Sociedade Portuguesa de Pneumologia) numa campanha de sensibilização sob o mote “Neste verão não dê férias à sua medicação”. Esta é uma iniciativa que decorre até 15 de setembro, com a disponibilização de diversos materiais informativos para alertar os doentes respiratórios crónicos para as consequências do abandono da terapêutica durante os meses de verão.
Dicas de verão para a pessoa com doença respiratória

Em casa:

– Evitar/Cessar hábitos tabágicos
– Beber água e evitar bebidas alcoólicas
– Manter a casa fresca e arejada, tendo cuidados redobrados com a utilização de ventoinhas e outros equipamentos semelhantes
– Fazer uma alimentação equilibrada
– Manter a atividade física
– Tomar banho com água mais fria para diminuir a sensação de calor
– Manter a medicação bem conservada – os inaladores devem ser mantidos num local fresco e seco
– Seguir todas as recomendações da Direção-Geral da Saúde relativamente à pandemia da Covid-19

Se sair de casa:

– Preparar uma mala com os bens essenciais – não esquecer o inalador
– Consultar as previsões do tempo e níveis de pólen no ar
– Usar roupas frescas e leves – diminui a temperatura corporal
– Proteger-se da exposição solar e aplicar protetor solar
– Manter uma lista atualizada dos medicamentos e um número de contacto em caso de emergência
– Nas viagens de avião, os doentes devem informar a companhia aérea sobre a sua condição no momento da reserva e consultar os sites da Respira www.respira.pt e da ELF European Lung Foundation www.europeanlung.org

Isabel Saraiva
Presidente da RESPIRA – Associação Portuguesa de Pessoas com DPOC e outras Doenças Respiratórias Crónicas

Referências:

1. Turi, K.N., et al., Seasonal patterns of Asthma medication fills among diverse populations of the United States. J Asthma, 2018. 55(7): p. 764-770.
2. George, M. and B. Bender, New

Partilhe:

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

*

Comment moderation is enabled. Your comment may take some time to appear.

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

O site 'ipressJournal' utiliza cookies para melhorar a experiência de navegação do visitante. LER MAIS

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close