Parques de Sintra melhoram as acessibilidades!

O projeto “Parques de Sintra Acolhem Melhor”, pretende melhorar as condições de acessibilidade aos Parques e Palácios de Sintra, como exemplo de boas práticas do turismo acessível e da igualdade de acesso ao Património natural e construído.

Este projeto, que conta com um investimento global de cerca de 2 milhões de Euros para os trabalhos a realizar em 2 anos, que é cofinanciado pelo Turismo de Portugal em 25%, teve como ponto de partida uma aprofundada investigação sobre as melhores práticas e conta com a consultoria de várias associações nacionais do setor, nomeadamente a ACAPO (Associação dos Cegos e Amblíopes de Portugal), a APS (Associação Portuguesa de Surdos) e a Associação Salvador.

Os trabalhos decorrem até junho de 2015 e implicam a integração na empresa de uma bolseira de doutoramento para a investigação das boas práticas, análise de casos de estudo e dos produtos disponíveis no mercado global. Desta forma, foi definida a melhor estratégia e selecionadas as melhores opções de acordo com os impactos pretendidos.

O projeto “Parques de Sintra Acolhem Melhor” pretende melhorar o acesso de uma maior diversidade de visitantes, nomeadamente no que respeita a condições de mobilidade, acesso físico, nomeadamente novos equipamentos e adaptações físicas dos espaços, qualidade dos serviços prestados e alterações nas plataformas e métodos de comunicação.

Dada a impossibilidade de alterações físicas profundas no Património natural ou construído, foi necessário recorrer à aquisição de novos equipamentos, tendo sido adquiridas 10 cadeiras de rodas para disponibilizar aos visitantes através de marcação prévia, com a especificidade de serem mais leves (13kgs), 4 veículos de tração (swiss-trac) para puxar cadeiras de rodas em locais com inclinação até 20%, 1 trepador de escadas para utilização no Palácio da Pena (que se encontra ainda em fase de testes e que permitirá o acesso entre os terraços e a cafetaria), 3 plataformas elevatórias (uma no Palácio da Pena e outras duas no Castelo dos Mouros); dezenas de bancos de jardim integrados no projeto de definição de novas zonas de descanso em cada Parque e 6 rampas amovíveis, para colocação e remoção sempre que necessário (as rampas são particularmente úteis na medida em que permitem aumentar a área de visita disponível a pessoas com mobilidade condicionada – por exemplo, no Palácio de Sintra, até ao momento só conseguiam visitar cerca de 100m2 do edifício, e agora passam a conseguir visitar mais de 600m2.

Adicionalmente, os novos autocarros híbridos que fazem o percurso da entrada do Parque até ao Palácio da Pena permitem o transporte seguro de pessoas em cadeira de rodas.

Em termos globais os trabalhos a realizar compreendem:

– Projeto global de melhoria dos acessos aos espaços e à informação
– Investimento de 2 milhões de Euros (a 2 anos), cofinanciado pelo Turismo de Portugal
– Investigação aprofundada sobre práticas internacionais para definição estratégica
– Parcerias com ACAPO, APS e Associação Salvador; integração na ENAT
– Colaboradores com aulas de língua gestual e formação em boas práticas
– Equipamentos: veículos de tração para cadeiras de rodas, trepador de escadas, plataformas elevatórias, cadeiras de rodas, rampas, transportes acessíveis, mapas táteis, maquetes 3D
– Preparação de visitas sensoriais e construção de maquetes táteis
– Website acessível (nível AAA no WCAG 1.0) e serviço de videochamada para surdos

Partilhe:



Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Comment moderation is enabled. Your comment may take some time to appear.

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

O site 'ipressJournal' utiliza cookies para melhorar a experiência de navegação do visitante. LER MAIS

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close