Porque é que a cidade do Porto é o melhor destino europeu?

O Porto foi considerado o melhor destino europeu em 2014, pelo “European Best Destinations”, uma organização de viagens com sede em Bruxelas, que promove a cultura e o turismo na Europa.

Para os cidadãos europeus votantes do EBD, a “cidade invicta” tem o charme das cidades que coabitam bem com o seu rio, é excepcional pela história, pela arquitetura, cultura, gastronomia, comércio, encontros e pelas descobertas que são surpreendentes, numa cidade aberta ao mundo.

(…) No Porto o visitante pode passear pelos caminhos da Ribeira, fazer um cruzeiro no rio que é majestoso, sobrevoar a cidade de helicóptero ou descobrir a arquitectura, as paisagens deslumbrantes e as pontes que são magníficas.

Mas o Porto também é uma cidade do mar onde se chega num curtíssimo espaço de tempo, no eléctrico, que leva o visitante até às praias da Foz, para molhar os pés no Atlântico.

No Palácio da Bolsa, viaja-se pela história com aventureiros portugueses, seguem-se as rotas comerciais de antanho, que surpreendem pelos tesouros que os navegadores trouxeram no regresso.

o “European Best Destinations”, dá realce aos edifícios notáveis na cidade​​, como é exemplo a Sé Catedral, cujos terraços são excelentes miradouros com vista sobre a agitação dos mercados, mercearias, bares, restaurantes e espaços verdes, existentes nos belos parques da cidade.

No Porto também se mergulha na cultura e no estilo art-deco, na visita entre outros à Fundação e Museu de Serralves, onde se aprecia a coleção de arte contemporânea nacional e internacional que ali está patente e se fica a conhecer o seu programa cultural de shows e workshops.

O Porto também abre o apetite, desafia para lugares onde a cozinha portuguesa está no seu melhor, desde o restaurante com estrelas até ao boteco da esquina, de que toda a gente fala pela especialidade, de carne, peixe ou marisco, à beira rio, beira mar, ou numa das ruas da cidade.

Os lugares de moda são inúmeros, com ambiencias únicas nos bares de grife e nas lojas de jovens designers. Mas numa visita à cidade do Porto, é impossível ignorar o ficónico vinho do porto produzido na região, nas mais gloriosas e intensas versões, ruby, vintage, branco ou rosé.

O Porto sabe como conquistar o coração do visitante, fazê-lo sentir-se bem-vindo e propiciar-lhe uma impressão duradoura, de tal forma que no final, o difícil vai ser partir.(…)

Partilhe:



Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Comment moderation is enabled. Your comment may take some time to appear.

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

O site 'ipressJournal' utiliza cookies para melhorar a experiência de navegação do visitante. LER MAIS

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close