Presidência da EuroAAA transita para a Andaluzia

Presidência da EuroAAA transita para a Andaluzia

584

A presidência da Eurorregião Alentejo-Algarve-Andaluzia (EuroAAA) que é assegurada em regime rotativo entre as três entidades, CCDR Algarve, CCDR Alentejo e Junta da Andaluzia, vai ser presidida no próximo ciclo, por Juan Moreno, presidente do governo daquela região espanhola.

A transferência de poderes, aconteceu esta quinta feira (16), durante o V Conselho da EuroAAA, que teve lugar na CCDR Algarve, em Faro, numa sessão que contou com a presença de Isabel Ferreira, Secretária de Estado da Valorização do Interior.

O V Conselho da EuroAAA serviu para fazer um balanço das atividades desenvolvidas nos últimos anos (2013 – 2019) e apresentar os resultados do trabalho realizado, para lançar novos desafios e oportunidades territoriais e fazer uma abordagem das perspetivas de futuro, tendo contado com intervenções dos representantes máximos das três regiões e com contributos de Paulo Águas (Reitor da Universidade do Algarve), João Assunção (Gestor do Parque do Alentejo de Ciência e Tecnologia), João Queirós (Cônsul Geral de Portugal em Sevilha) e de Carmen Crespo Díaz (Conselheira de Agricultura, Pecuária, Pesca e Desenvolvimento Sustentável da Junta de Andaluzia).

O presidente da CCDR Algarve, Francisco Serra, destacou a importância da EuroAAA e do trabalho de cooperação institucional transfronteiriça, iniciado há mais de 30 anos entre o Algarve e a Andaluzia, papel de extrema relevância na aproximação e no enriquecimento cultural, social e económico, dando como exemplos de cooperação os trabalhos desenvolvidos no contexto da Estratégia de Especialização Inteligente – RIS3 Transfronteiriça (RIS3AAA), a melhoria da navegabilidade no rio Guadiana até ao Pomarão (em curso), os inúmeros projetos cofinanciados pelo Interreg Espanha – Portugal (POCTEP), e as intervenções do Agrupamento Europeu de Cooperação Territorial (AECT) do Guadiana, que junta os municípios raianos de Ayamonte, Castro Marim e Vila Real de Santo António.

Segundo Francisco Serra, que presidiu à estrutura nos últimos anos, a EuroAAA permitiu desenvolver “centenas de projetos conjuntos”, notando que estes “podiam ter sido muitos mais, caso a dotação financeira fosse superior”.

“A sociedade civil também constitui uma prioridade nos desígnios da EURO_AAA” referiu Francisco Serra, sublinhando que “a cidadania é uma preocupação transversal da nossa estratégia, traduzida no compromisso assumido pelas três regiões para reforçar a cooperação em áreas como a saúde, a proteção civil, a ação social e muitas outras, com incidência direta na qualidade de vida e bem-estar dos cidadãos” do Alentejo, do Algarve e da Andaluzia

O novo presidente da EuroAAA, Juan Moreno, defendeu que a estrutura deve ser mais ambiciosa e saber “jogar bem as suas cartas e se faça notar”, com maior ambição na Europa, sublinhando que “a unidade e a colaboração fazem-nos mais eficazes, e uma boa demonstração disso é o Centro Ibérico para a investigação e Luta contra os Incêndios Florestais (CILIFO), uma nova forma de prevenir e atuar com tecnologias de ponta”.

“Vamos propor ao Governo de Espanha albergar durante a nossa presidência a próxima Cimeira Ibérica Espanha-Portugal”, anunciou Juan Moreno, acrescentando que “devemos ser pontas de lança do desenvolvimento sustentável, das energias renováveis e da economia azul”.

Partilhe:



Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*

Comment moderation is enabled. Your comment may take some time to appear.

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

O site 'ipressJournal' utiliza cookies para melhorar a experiência de navegação do visitante. LER MAIS

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close