O Museu do Oriente organiza o workshop “A alimentação pelas cinco transformações”, entre 12 de Outubro e 14 de Dezembro, que aborda a forma como a alimentação permite criar o equilíbrio

Museu do Oriente anuncia novas aprendizagens

1037

O Museu do Oriente organiza o workshop “A alimentação pelas cinco transformações”, entre 12 de Outubro e 14 de Dezembro, que aborda a forma como a alimentação permite criar o equilíbrio entre os factores internos e externos, a gestão dos ciclos da vida, a saúde e as emoções através da alimentação e da adaptação da mesma a esses estados.

Os participantes vão descobrir em cinco sessões temáticas, como ganhar em saúde, liberdade e autonomia, através da aprendizagem da autoanálise e da gestão pessoal das próprias emoções.

Foi pela observação da Natureza e pela relação entre o Ser Humano e a mesma que surgiram as cinco Transformações, ou os cinco Elementos, estudados na Medicina Tradicional Chinesa. Estas Transformações revelam-se internamente, nos órgãos físicos, nos sentidos e através de emoções, sendo os meridianos um exemplo dessa revelação. Também se revelam externamente, com as estações do ano, as fases do dia, através do clima e a partir de alimentos específicos resultantes dessas estações e desse clima.

A origem de expressões como “ter maus fígados” ou “ter bom coração” e o motivo pelo qual as fobias aumentam ao final do dia, são alguns dos temas tratados nas sessões, que aprofundam cada uma das Transformações: “A transformação da água, o inverno e a coragem/ fé na vida”, “A transformação da árvore, a primavera e o entusiasmo”, “A transformação do solo, as fases entre estações e a compaixão”, “A transformação do fogo, o verão e a alegria serena”, “A transformação do metal, o outono e a capacidade de análise”.

Partilhe:



Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*

Comment moderation is enabled. Your comment may take some time to appear.

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

O site 'ipressJournal' utiliza cookies para melhorar a experiência de navegação do visitante. LER MAIS

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close